Meteorologia

  • 20 FEVEREIRO 2020
Tempo
19º
MIN 8º MÁX 19º

Edição

PSI20 cede 0,55% na quarta sessão consecutiva em queda

A bolsa de Lisboa acompanhou hoje a tendência generalizada dos mercados internacionais e encerrou em queda, pela quarta sessão consecutiva, com o índice PSI20 a ceder 0,55% para 5.234,74 pontos.

PSI20 cede 0,55% na quarta sessão consecutiva em queda
Notícias ao Minuto

17:36 - 23/01/20 por Lusa

Economia mercados

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 12 desceram, cinco subiram e uma ficou inalterada.

Nas maiores descidas, ficaram a Altri (3,91% para 5,89 euros), os CTT (3,34% para 3,07 euros) e a Galp (3,19% para 14,10 euros).

Galp anunciou na quarta-feira que alcançou um acordo com o grupo ACS para a compra e construção de projetos de produção de energia fotovoltaica em Espanha com um valor total que pode atingir 2,2 mil milhões de euros até 2023.

Semapa perdeu 2,58% para 12,86 euros, a Navigator caiu 2,07% para 3,30 euros, a Corticeira Amorim desceu 1,95% para 11,06 euros e a Ibersol recuou 1,80% para 8,74 euros.

Com desvalorizações mais baixas ficaram a Sonae SGPS (0,85 euros), a Mota-Engil (1,75 euros), a NOS (4,89 euros), a Pharol (0,10 euros) e a Jerónimo Martins (15,43 euros).

EDP Renováveis liderou as subidas e ganhou 2,74% para 11,26 euros, seguida da EDP, que somou 1,45% para 4,21 euros.

Com ganhos inferiores a 1% terminaram o BCP (0,19 euros), a REN (2,76 euros) e a Sonae Capital (0,78 euros).

As principais bolsas europeias também encerraram em terreno negativo. Frankfurt caiu 0,94%, Londres 0,85%, Paris 0,65% e Madrid 0,58%.

Às 17h05 (hora de Lisboa), a meio da sessão, a bolsa de Nova Iorque seguia igualmente em queda, com o índice Dow Jones a cair 0,60% e o Nasdaq 0,19%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório