Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2020
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Vendas mundiais de automóveis do Grupo PSA descem 10% para 3,48 milhões

O grupo PSA, que inclui as marcas Peugeot, Citroën, Opel-Vauxhall e DS, vendeu menos 10% de automóveis, a nível mundial, em 2019, atingindo os 3,48 milhões, depois de ter vendido 3,87 milhões em 2018.

Vendas mundiais de automóveis do Grupo PSA descem 10% para 3,48 milhões
Notícias ao Minuto

14:54 - 16/01/20 por Lusa

Economia PSA

Em 2019, o total do grupo PSA, liderado pelo português Carlos Tavares, vendeu 3.488.930 automóveis, menos 10% do que os 3.877.765 vendidos em 2018, tendo apenas a marca DS registado uma subida nas vendas face a 2018 (17,4%).

As restantes marcas da PSA registaram uma descida nas vendas a nível mundial, com a Peugeot a passar de 1.740.214 automóveis vendidos em 2018 para os 1.456.463 em 2019, uma descida de 16,3%.

A Citroën também desceu, mas 5,1%, já que passou de 1.046.229 veículos vendidos em 2018 para 992.825 em 2019, bem como a Opel-Vauxhall, cujas vendas diminuíram 5,9% no ano, passando de 1.038.057 em 2018 para 977.130 em 2019.

No mercado europeu (quebra de 2,5%) apenas a Peugeot e a Opel-Vauxhall (-2,7% e -6,4%, respetivamente) diminuíram as vendas, tendo a Citroën subido 1,2% em vendas (de 824.623 em 2018 para 834.571 em 2019) e a DS 22,6%, de 46.013 para 56.393 veículos entre 2018 e 2019.

A PSA afirma ter 16,8% de quota de mercado no continente europeu.

O mercado chinês e do Sudeste Asiático foi o que registou maiores quebras para o grupo PSA, com uma descida de 55,4% nas vendas, já que todas as marcas do grupo passaram de 262.583 veículos vendidos em 2018 para 117.084 em 2019.

O segundo mercado que mais contraiu as vendas foi o do Médio Oriente e África, já que as vendas diminuíram 43,7%, sobretudo devido à quebra da Peugeot (descida de 62,3%, de 223.838 veículos em 2018 para 84.294 em 2019), já que as restantes marcas registaram subidas de 10,0% (Opel-Vauxhall), 23,5% (Citroën) e 30,5% (DS).

A América Latina também registou uma descida nas vendas (22,5%), tendo a Peugeot liderado as quebras (26,8%, de 112.774 para 82.569 veículos entre 2018 e 2019), seguindo-se a Citroën (15,2%, 60.404 em 2018 para 51.252 em 2019), a DS (15,0%, 969 para 824) e a Opel-Vauxhall (1.110 para 1.094).

Tanto o mercado Índia-Pacífico como a Eurásia (que inclui Rússia e Ucrânia) foram os únicos a registar subidas nas vendas entre 2018 e 2019, com 0,6% e 2,3%, respetivamente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório