Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2020
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Os quatro pontos essenciais do acordo assinado entre os EUA e a China

Depois de vários mese de conflito, os EUA e a China assinaram a Fase 1 do acordo comercial na quarta-feira, dia 15 de janeiro.

Os quatro pontos essenciais do acordo assinado entre os EUA e a China
Notícias ao Minuto

09:19 - 16/01/20 por Notícias ao Minuto 

Economia Acordo Comercial

Começou a 'paz comercial' entre os EUA e a China, depois de as duas potências mundiais terem assinado, na quarta-feira, o acordo de Fase 1, que vem acalmar as tensões entre ambos. A Fase 2 do tratado deverá acontecer no próximo ano. 

Ainda assim, esta assinatura foi suficiente para acalmar os mercados, porque a possibilidade de uma guerra comercial entre os dois países não era positiva. 

A corretora XTB identificou, num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, os quatro pontos essenciais deste acordo. Tome nota:

  1. A atenuação de tarifas, reduzindo para metade a tarifa de 15% que incide sobre bens chineses avaliados em 110 mil milhões de dólares;
  2. As compras da China aos EUA, no sentido de "equilibrar a balança comercial", num total de 200 mil milhões de dólares este ano e no próximo, da seguinte forma:- Bens transformados: 32,9 mil milhões de dólares em 2020 e 44,8 mil milhões de dólares em 2021;- Bens alimentares: 12,5 mil milhões de dólares em 2020 e 19,5 mil milhões de dólares em 2021;- Bens energéticos: 18,5 mil milhões de dólares em 2020 e 33,9 mil milhões de dólares em 2021;- Serviços: 12,8 mil milhões de dólares em 2020 e 25,1 mil milhões de dólares em 2021.
  3. Acordo de proteção de propriedade intelectual;
  4. Permissão da China à entrada de instituições financeiras norte-americanas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório