Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2020
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Governo estima fechar 2019 com 18,1 mil milhões de receitas turísticas

O Governo estima fechar o ano de 2019 com receitas turísticas de 18,1 mil milhões de euros, quando em 2018 tinham sido de 16,8 mil milhões de euros, disse hoje a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques

Governo estima fechar 2019 com 18,1 mil milhões de receitas turísticas
Notícias ao Minuto

18:59 - 15/01/20 por Lusa

Economia Turismo

"Temos estimativa de fechar 2019 com 18,1 mil milhões de euros [de receita turística], que compara com 16,8 do ano anterior", afirmou Rita Marques, que falava no almoço da Associação da Hotelaria de Portugal, num hotel em Lisboa.

"Esperamos em 2019 superar o ano de 2018, que foi já um ano bom", acrescentou.

A governante referiu ainda que, em relação às dormidas, a estimativa até dezembro de 2019 é de 70,2 milhões e, em relação ao número de hóspedes, estima-se "ficar muito próximo dos 27 milhões" no final do ano passado.

No mês de setembro de 2019 atingiu-se, pela primeira vez, os dois mil milhões de euros de receitas turísticas, segundo a secretária de Estado.

Assinalando que "por cada cinco euros de receita gerada em Portugal, um euro é do turismo", Rita Marques sublinhou que os objetivos para 2020 são o crescimento de 3,5% nas dormidas de estrangeiros na hotelaria e a redução da sazonalidade para 36,2% (-0,20%).

Quanto aos desafios para o futuro, Rita Marques destacou o reforço das rotas aéreas, a qualificação dos recursos humanos no setor, a promoção turística internacional, a digitalização do destino e a estruturação de novos produtos, como o enoturismo, o turismo literário, o turismo LGBTQI+ [sigla de lésbicas, 'gays', bissexuais, travestis, transexuais e transgéneros] e o turismo desportivo.

"Em breve teremos lançamentos para cada um destes planos de ação", adiantou a secretária de Estado.

Hoje, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou que as dormidas em alojamento turístico aumentaram 7,2% em novembro, para 4,1 milhões, com o setor a receber 1,8 milhões de hóspedes, mais 12,5% face a outubro.

De acordo com o INE, as dormidas de residentes cresceram 14,1% (-0,8% em outubro) e as de não residentes aumentaram 4,2% (2,6% no mês anterior).

Entre janeiro e novembro de 2019, as unidades hoteleiras portuguesas receberam 25,4 milhões de hóspedes, mais 7,1% do que no ano anterior, totalizando 66,3 milhões de dormidas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório