Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
19º
MIN 7º MÁX 20º

Edição

Universidade com a Bosch, Huawei e Altice para levar 5G à indústria

A Universidade de Aveiro vai juntar-se à Bosch, à Huawei e à Altice para identificar possíveis aplicações da tecnologia 5G em ambiente industrial, nos termos de um protocolo hoje assinado entre aquelas entidades.

Universidade com a Bosch, Huawei e Altice para levar 5G à indústria
Notícias ao Minuto

20:56 - 18/12/19 por Lusa

Economia Universidade de Aveiro

Cada uma destas entidades cooperantes participa no projeto com diferentes contributos: a Bosch fica responsável pela implementação de casos de uso utilizando tecnologia 5G nas suas fábricas em Portugal, enquanto a Altice Portugal como operador móvel contribuirá para o estudo de arquitetura e desenho da rede.

A Huawei entra na parceria como detentora da tecnologia e fornecedora do equipamento de comunicações e a Universidade de Aveiro vai desenvolver a arquitetura de rede, tirando partido do seu Lab 5G, que irá instalar no novo Parque de Ciência e Inovação (PCI).

"Esta parceria reflete a importância que a Universidade de Aveiro tem no ecossistema indústria, transferindo conhecimento para empresas nacionais e multinacionais. Esta iniciativa é estratégica para a inovação de toda a região, assim como uma referência a nível mundial no que diz respeito à cooperação entre o meio académico e as empresas", afirmou o reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, na assinatura do protocolo.

A formalização do memorando de entendimento, que decorreu no PCI, na Coutada, Ílhavo, contou com a presença de Jónio Reis, da Bosch Termotecnologia, António Pereira, da Bosch Security Systems, Tony Li, da Huawei Portugal, e José Pedro Nascimento, da Altice Portugal, além de Paulo Jorge Ferreira e Artur Silva, reitor e vice-reitor da Universidade de Aveiro, respetivamente.

A primeira etapa do projeto vai arrancar com uma fase de protocolo que conduzirá à definição de arquiteturas de comunicação em 5G, de forma a possibilitar a implementação de casos de uso do género, que visam potenciar uma maior competitividade da indústria em Portugal.

Para Jónio Reis, trata-se de "uma oportunidade para aumentar a competitividade na produção, enquanto fator preponderante para a criação de novas oportunidades à escala global", enquanto o seu colega António Pereira salientou que o projeto "servirá de suporte ao desenvolvimento e produção de novas soluções para a área da segurança, assim como na otimização de processos na área da logística."

José Pedro Nascimento, diretor de Engenharia da Altice Portugal, disse que o projeto "vai ao encontro da aposta que a Altice Portugal está a fazer no 5G e iot, enquanto tecnologias essenciais e basilares para a transformação da indústria portuguesa, contribuindo, assim, para um crescimento mais sustentado da economia nacional".

Por seu turno Tony Li, CEO da Huawei Portugal, referiu que "a Huawei é uma das empresas mais inovadoras do mundo e é um orgulho ter contribuído, nos últimos 15 anos, para que Portugal seja um país cada vez mais conectado e inteligente".

"Portugal sempre foi inovador e é importante manter esta realidade. Estamos cá para fazer a nossa parte", declarou por seu turno Tony Li.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório