Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2020
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Portugal Ventures investe em seis novas startups

A Portugal Ventures anunciou hoje que investiu em seis novas 'startup', num montante global de 3,7 milhões de euros, elevando para 28 o número destas empresas apoiadas este ano, num total de 15,6 milhões de euros investidos.

Portugal Ventures investe em seis novas startups
Notícias ao Minuto

10:39 - 12/12/19 por Lusa

Economia Portugal Ventures

As 'startup' (empresas em início de atividade) são a Didimo, Digital Manager Guru, Doppio, LUGGit, Mercadão e a Refundit, refere em comunicado a sociedade pública de capital de risco que investe em 'startup' com sede ou atividade em Portugal e com ambição global.

"O ano de 2019, foi sem dúvida importante para a atividade da Portugal Ventures com o seu melhor registo quer no número de empresas, quer no montante de investimento, com um total de 28 'startup' e 15,6 milhões de euros investidos", lê-se no comunicado.

Para cada uma das áreas o investimento distribuiu-se da seguinte forma: "Digital - oito novas empresas, 4,7 milhões de euros e 33 'startup' no portefólio, Engineering & Manufacturing - seis novas empresas, 3,1 milhões de euros e 29 'startup' no portefólio e na Life Sciences - duas novas empresas, 2,4 milhões de euros e 16 'startup' no portefólio".

Na área do Turismo, por seu turno, há a assinalar 12 novas empresas, 5,4 milhões de euros investidos e 22 'startup' no portefólio.

A Portugal Ventures justifica este crescimento no portefólio devido ao "reflexo da resposta dos empreendedores às iniciativas [da capital de risco] e à aproximação ao ecossistema através do reforço da rede de parceiros -- Ignition Partner Network (IPN) e Ignition Capital Network (ICN) --, que permitiram passar a mensagem aos empreendedores contribuindo de forma ativa para a dinamização e crescimento do ecossistema empreendedor português".

"O crescimento do portefólio aumenta a responsabilidade, pelo que em 2020, vai manter uma presença muito ativa no ecossistema e também apostar na proximidade e no acompanhamento que fazemos às empresas em que investimos, exigindo rigor e transparência para alcançar as metas propostas e contribuir para o sucesso das nossas 'startup'", disse Rui Ramos, vice-presidente da Portugal Ventures, citado no comunicado.

A Didimo é um 'spin-off' da Universidade do Porto que desenvolve uma tecnologia que permite criar seres humanos digitais de alta fidelidade em apenas 30 segundos, a partir de uma fotografia ou digitalização para o 'smartphone'.

A operação teve o coinvestimento da Bynd Venture Capital.

Já a Digital Manager Guru é uma plataforma para quem vende ou deseja vender pela internet.

A Doppio Games, por sua vez, foi fundada em 2018 e é especializada em jogos controlados por voz, enquanto a 'startup' LUGGit é uma plataforma tecnológica que, através de uma aplicação móvel (disponível em iOS e Android) permite a quem viaja requisitar em tempo real uma pessoa para lhe recolher a bagagem, guardá-la e entregá-la no sítio e hora definidos.

O Mercadão é o primeiro 'marketplace on-demand' em Portugal, com entregas em duas horas e acompanhamento em tempo-real da encomenda.

A 'startup' Refundit é uma plataforma para reembolso do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) para cidadãos extracomunitários, simplificando e digitalizando o atual processo que irá eliminar o papel e as filas.

A operação teve o coinvestimento da Amadeus Ventures.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório