Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
MIN 6º MÁX 15º

Edição

Banco da China quer abrir delegações em países de língua portuguesa

O presidente do Conselho de Supervisores do Banco da China disse hoje que o banco quer abrir delegações em todos os países de língua portuguesa, destacando que esta instituição financeira tem um caráter global.

Banco da China quer abrir delegações em países de língua portuguesa
Notícias ao Minuto

12:12 - 04/12/19 por Lusa

Economia Banco da China

"Temos todo o gosto em abrir delegações nos países de língua portuguesa", disse Wang Xiquan durante a intervenção de encerramento do "Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional da Iniciativa 'Faixa e Rota'", que decorreu até hoje em Lisboa.

Para o presidente do conselho de supervisores do Banco da China, esta entidade "servirá de ponte para a comunicação entre a China e os países de língua portuguesa, facilitando a entrada" na China e para ajudar "a desenvolver a cooperação nestes países".

"O Banco da China é um banco global, com o objetivo de prestar serviços e cooperar com os governos de todo o mundo, e gostaríamos de ter cada vez mais intercâmbios nas áreas económicas e financeiras, para podermos ser úteis", concluiu o banqueiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório