Meteorologia

  • 10 ABRIL 2020
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

FMI avalia ajuda financeira à República Democrática do Congo em dezembro

O Fundo Monetário Internacional (FMI) deverá confirmar em dezembro um pacote de ajuda financeira à República Democrática do Congo, suspenso desde 2012, por o Governo não ter fornecido informações sobre a venda de uma empresa mineira a um 'offshore'.

FMI avalia ajuda financeira à República Democrática do Congo em dezembro
Notícias ao Minuto

12:36 - 23/11/19 por Lusa

Economia FMI

"As autoridades congolesas e a missão do FMI chegaram a um acordo sujeito a aprovação sobre políticas que poderiam fortalecer a estabilidade macroeconómica, reforçar as reservas internacionais e progredir nas reformas estruturais para lidar com os profundos problemas relacionados com a má governação, ambiente empresarial difícil e pobreza persistente", disse o chefe da missão, Mauricio Villafuerte.

O programa Facilidade Rápida de Crédito (Rapid Credit Facility - financiamento concessionado a países pobres altamente endividados), juntamente com um programa monitorizado pelos técnicos (Staff-Monitored Program - SMP) até ao final de maio de 2020, devem ser submetidos para aprovação pela administração do FMI em meados de dezembro, lê-se numa nota difundida pelo FMI.

"O SMP daria uma oportunidade para as autoridades, com assistência dos parceiros, desenvolverem uma agenda profunda de reformas estruturais que pode acabar por ser implementada no âmbito de um programa financeiro de médio prazo apoiado pelo Fundo", acrescentou Villafuerte, notando que a economia congolesa enfrenta "múltiplos desafios".

O PIB deverá abrandar para 3,2% em 2020, depois de crescer 4,5% este ano devido à redução da produção mineira; a pobreza continua persistente e é exacerbada pelo conflito armado e pelas epidemias mortais nalgumas áreas do país, diz o FMI, acrescentando que "a fraqueza do sistema judicial e a tributação fragmentada desencorajam o investimento privado, restringindo o potencial da economia, que tem várias riquezas naturais e uma população jovem e dinâmica".

A República Democrática do Congo, que faz fronteira com Angola, é um dos principais produtores de cobre e o maior produtor mundial de cobalto, um componente essencial para as baterias de carros elétricos, mas é um dos países menos desenvolvidos do mundo, principalmente devido à corrupção e à má governação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório