Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Fitch melhora previsão para o PIB e para o défice este ano

A agência de notação financeira Fitch melhorou hoje as suas previsões para a economia portuguesa, este ano, para um crescimento de 1,9% e para um défice de 0,1% do PIB, alinhando com as estimativas do Governo.

Fitch melhora previsão para o PIB e para o défice este ano
Notícias ao Minuto

22:09 - 22/11/19 por Lusa

Economia Fitch

"A Fitch prevê agora que a economia portuguesa cresça 1,9% em 2019, uma revisão em alta face à previsão de maio, de 1,7%", indica a Fitch, na nota de análise onde manteve o 'rating' de Portugal em 'BBB' com perspetiva positiva.

Para 2020 e 2021, a agência de notação financeira antecipa um crescimento real do PIB de 1,7% e 1,9%, respetivamente, abaixo da previsão do Governo, de uma expansão de 2% no próximo ano.

Ao nível das finanças públicas, a Fitch refere que, "depois do défice de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018, prevê que o défice de Portugal se fixe em 0,1% do PIB em 2019, abaixo da meta inicial do Governo, de 0,2%".

Em 24 de maio, a agência de notação financeira Fitch antecipava que o défice orçamental ficasse em 0,5% do PIB este ano - ainda antes da revisão das Contas Nacionais portuguesas com a nova base 2016, divulgada em setembro, onde o Instituto Nacional de Estatística melhorou o défice de 2018 para 0,4% do PIB -, o que correspondia a mais do dobro da previsão do Governo, de 0,2%, naquela altura.

Desta forma, a agência de notação financeira alinha com a estimativa que o Governo inscreveu no Projeto de Plano Orçamental para 2020, enviado à Comissão Europeia em 15 de outubro, no qual prevê um défice de 0,1% este ano, antecipando para 2020 um saldo orçamental nulo.

A Fitch indica também que os objetivos do executivo português de um saldo orçamental equilibrado no final de 2020, excedentes orçamentais primários, em média, de cerca de 3% do PIB nos próximos quatro anos e uma redução da dívida pública até aos 100% do PIB em 2023 são "amplamente consistentes" com o seu cenário base.

"No entanto, a ausência de um orçamento final para 2020 (ainda numa fase de projeto) deixa alguma incerteza sobre as medidas" a adotar, alerta a agência de notação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório