Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

OCDE desce previsão de crescimento da economia mundial para 2,9% em 2020

A OCDE desceu ligeiramente a previsão de crescimento da economia mundial para 2,9% em 2020, mantendo a anterior previsão para o ritmo da expansão este ano, e alertou que a crise económica está a "entrincheirar-se".

OCDE desce previsão de crescimento da economia mundial para 2,9% em 2020
Notícias ao Minuto

10:00 - 21/11/19 por Lusa

Economia OCDE

No relatório com as previsões económicas mundiais divulgado hoje ('Economic Outlook'), a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) antecipa que a economia mundial cresça 2,9% este ano, a mesma previsão constante nas Perspetivas Económicas Intercalares, divulgadas em setembro, e depois do crescimento de 3,5% registado em 2018.

Para 2020, a entidade desceu em uma décima, para 2,9%, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) global.

"A perspetiva global é frágil, com sinais crescentes de que a crise cíclica se está a entrincheirar. O crescimento do PIB continua fraco, com uma desaceleração em quase todas as economias este ano, e o comércio global está estagnado", indica a OCDE na sua análise hoje divulgada.

"O aumento contínuo das tensões comerciais, desde maio, está a afetar cada vez mais a confiança e o investimento, aumentando ainda mais a incerteza política", acrescenta a instituição.

A OCDE prevê que a economia norte-americana cresça 2,3% este ano, menos uma décima que o estimado em setembro, e 2% em 2020, a mesma estimativa anterior.

Para a economia chinesa, a entidade espera uma expansão de 6,2% este ano, uma décima acima da anterior previsão, e 5,7% em 2020, o mesmo que em setembro.

A OCDE avisa que o crescimento da economia mundial pode ser ainda mais fraco "se os riscos negativos se materializarem ou interagirem", incluindo uma nova escalada das tensões comerciais e restrições ao investimento transfronteiriço, a incerteza contínua sobre o 'Brexit', falhas na política de estímulos para evitar uma desaceleração mais acentuada na China e vulnerabilidades financeiras decorrentes da desaceleração do crescimento económico, elevada dívida das empresas e deterioração da qualidade do crédito.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório