Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Economias do Quénia e Etiópia ultrapassam Angola em 2020

A consultora Capital Economics disse hoje à Lusa que a economia de Angola deve deixar de ser a terceira maior da África subsaariana, sendo ultrapassada pelo Quénia e pela Etiópia já no próximo ano.

Economias do Quénia e Etiópia ultrapassam Angola em 2020
Notícias ao Minuto

08:17 - 16/11/19 por Lusa

Economia Capital Economics

Em entrevista à Lusa, o analista da consultora que segue a economia angolana disse que, com as recessões dos últimos anos a prolongarem-se pelo menos até 2020, a riqueza produzida no país vai ser ultrapassada pelo Quénia e pela Etiópia.

"Os dados do Fundo Monetário Internacional mostram que o PIB de Angola a preços correntes deverá ficar nos 92 mil milhões de dólares [ 83,5 mil milhões de euros] este ano, sendo ultrapassado pelo Quénia, com 99 mil milhões [89,9 mil milhões de euros]", disse John Ashbourne.

Em 2020, a Etiópia, que este ano deverá ter um produto interno bruto (PIB) de 91 mil milhões de dólares (82,6 mil milhões de euros), que aumenta para 104 mil milhões de dólares [94,4 mil milhões de euros] em 2020, ultrapassará Angola.

A economia angolana deverá registar um PIB de 89 mil milhões de dólares [80,8 mil milhões de euros] no próximo ano, segundo os dados do FMI.

Estes dados, conclui o analista, não levam ainda em linha de conta a evolução cambial do kwanza, que registou uma forte desvalorização nas últimas semanas, e por isso a ultrapassagem do Quénia e Etiópia a Angola pode acontecer ainda mais cedo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório