Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
MIN 9º MÁX 17º

Edição

EDP em terreno negativo após acionistas chineses venderem posição

Posição de 1,33% do capital social da elétrica portuguesa foi vendida por 175,6 milhões de euros.

EDP em terreno negativo após acionistas chineses venderem posição

As ações da EDP - Energias de Portugal abriram em baixa, esta quarta-feira, pressionadas pelo facto de a sociedade Orise S.A.R.L., detida pelos chineses da CNIC, ter vendido por 175,6 milhões de euros 1,33% do capital social da elétrica portuguesa

De acordo com o Investing, a EDP recua, a esta hora, 0,7% para 3,684 euros por ação

"A ORISE S.A.R.L. ('ORISE') comunica que concluiu com sucesso a venda, por meio de oferta particular através de um processo de 'accelerated bookbuild' [venda acelerada] dirigido exclusivamente a investidores institucionais qualificados (a 'colocação') de 48.783.722 ações ('ações') representativas de aproximadamente 1,33% do capital social da EDP -- Energias de Portugal, S.A.", referia o comunicado enviado à CMVM.

Segundo o comunicado ao mercado, "o valor total da receita da colocação atingiu aproximadamente 175,6 milhões de euros, correspondente a um preço de 3,60 euros por ação".

"A liquidação da colocação ocorrerá em 08 de novembro de 2019 mediante a entrega das ações e o pagamento do preço à ORISE. Após a liquidação da colocação, a ORISE passará a deter 3.000.000 ações da EDP, sujeitas a um 'lock-up' de 30 dias", acrescenta a Orise à CMVM, referindo que "a Société Générale atuou como 'sole bookrunner' da colocação".

No dia 31 de outubro, a CNIC tinha anunciado que tinha reduzido a sua participação na EDP dos 4,34% para os 1,89%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório