Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

SaeR critica "indiferença" em Portugal em relação aos sinais de crise

A SaeR -- Sociedade de Avaliação Estratégica e Risco critica hoje "a indiferença em relação aos sinais de crise no mundo e na Europa" que marca a evolução política em Portugal e o foco em "fórmulas distributivas entre grupos sociais".

SaeR critica "indiferença" em Portugal em relação aos sinais de crise
Notícias ao Minuto

14:45 - 30/10/19 por Lusa

Economia Crise

"A evolução política em Portugal apresenta duas características paradoxais, ambas alimentadas pela indiferença em relação aos sinais de crise no mundo e na Europa", indica a SaeR no Relatório Trimestral sobre a situação económica e dos negócios, hoje divulgado.

Segundo a entidade, por um lado, em Portugal, "não é reconhecida a gravidade da evolução internacional, que é um fator de incerteza e de risco para uma sociedade que está dependente do exterior para obter a dimensão de mercado que não tem".

Por outro lado, aponta a SaeR, "o debate político permanece centrado na comparação de fórmulas distributivas entre grupos sociais, numa ótica de sociedade fechada onde se pode tirar a uns para dar a outros" e da qual os primeiros "não possam sair e os segundos não precisem de sair porque podem manter o estatuto de beneficiários dessas políticas de distribuição".

A SaeR alerta que estas duas características "não são sustentáveis no tempo" e salienta que a instabilidade da evolução internacional recomenda a adoção de estratégias de precaução para a eventualidade de um agravamento, num contexto externo caracterizado pela "desagregação da ordem mundial que tinha como centro hegemónico os Estados Unidos e pela crise da União Europeia instabilizada pelas forças do nacional-populismo".

Segundo a SaeR, em Portugal, "a fixação em políticas distributivas impede a concretização de políticas de crescimento económico" porque, argumenta, aquilo que "se desvia para o circuito da distribuição já não entra no circuito do investimento" e o que se tira a quem tem rendimentos "anula a motivação para querer ter maiores rendimentos".

No relatório, a SaeR afirma ainda que nos próximos tempos, Portugal terá de gerir as suas relações com as potências mundiais e "garantir uma situação económica vantajosa que venha contrariar a constante desaceleração da economia".

Nos tempos de "incerteza e desconforto a nível internacional", a SaeR refere também que Portugal, enquanto "ator dependente das grandes potências mundiais, precisa de capacidade para gerir as suas relações e usufruir dos seus acordos bilaterais".

E a entidade recorda que Portugal tem nos Estados Unidos, no Reino Unido e na China "poderosos parceiros económicos", sendo que "a instabilidade sentida nestes países pode facilmente transpor-se numa instabilidade das relações, principalmente no caso chinês, que é cada vez mais questionado por diversos estados".

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório