Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Altice pede dissolução do conselho de administração da ANACOM

Operadora considera que regulador está a "maquilhar a total incompetência e descontrolo na gestão de todo o processo" da migração da TDT.

Altice pede dissolução do conselho de administração da ANACOM

A Altice pediu, esta terça-feira, a dissolução do conselho de administração da ANACOM, por considerar que o regulador está a "maquilhar a total incompetência e descontrolo na gestão de todo o processo" da migração da TDT.

"A Altice Portugal considera que, não obstante o estatuto de independência do Regulador, estão verificadas as condições previstas nos seus Estatutos (artigo 24º) que justificam a dissolução do conselho de administração da ANACOM", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Esta tomada de posição da Altice vem no seguimento das declarações do presidente da ANACOM sobre a migração da TDT no âmbito da implementação do 5G.

"Sobre as declarações proferidas pelo presidente da ANACOM relativas à migração do serviço TDT e consultas relativas ao 5G em Portugal, elas consistem apenas numa tentativa de maquilhar a total incompetência e descontrolo na gestão de todo o processo, refletindo um irrealismo absolutamente assustador", pode ler-se no comunicado.  

E não fica por aqui. A operadora de telecomunicações acrescenta que "é impensável que alguém com a responsabilidade de regulação neste setor venha a público garantir o que é impossível de garantir, demonstrando um desconhecimento absoluto das áreas em apreço". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório