Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

"Quem diz que recrutar é difícil é porque vê o problema da forma errada"

Steve Cadigan é especialista em recrutamento e é a quem todas (ou quase todas) as empresas de Silicon Valley, na Califórnia, recorrem a pedir conselhos quando se trata de contratar e de encontrar as pessoas certas para construir uma equipa vencedora. O norte-americano esteve recentemente em Lisboa para falar dos novos desafios do mercado de trabalho e conversou com o Notícias ao Minuto sobre o LinkedIn, uma plataforma de recrutamento que as empresas portuguesas só agora estão a descobrir.

"Quem diz que recrutar é difícil é porque vê o problema da forma errada"

Steve Cadigan é tido como o 'guru de Silicon Valley', na Califórnia, pois é dos mais conceituados especialistas em mercado de trabalho. Atualmente dirige a sua própria empresa, a Cadigan Talent Ventures, mas antes passou pela LinkedIn, onde trabalhou com Jeff Weiner (CEO da plataforma) e foi o primeiro diretor de recursos humanos.

Além de dirigir a sua empresa, Steve passa muito do seu tempo a dar palestras sobre a captação de talentos no mercado do trabalho.

Se é assumido que este último tem vindo a sofrer alterações ao longo dos anos, não menos reconhecido é que a forma de contratar também tem mudado, adaptando-se as empresas a este novo modelo de mercado de trabalho.

Em conversa com o Notícias ao Minuto, Steve Cadigan falou sobre como se recruta atualmente e de que forma o LinkedIn pode – e deve – ser uma ferramenta utilizada tanto por recrutadores como por candidatos. E quanto a Jeff Weiner, um 'guru da liderança', Steve deixou-lhe os maiores elogios. 

Como especialista em recursos humanos que tipo de potencial vê em plataformas como o LinkedIn?

O LinkedIn tem um enorme valor para mim e para os meus pares. Primeiro porque nos dá mais informações sobre potenciais candidatos do que um CV. Por exemplo, pessoas que temos em comum podem dar-nos uma referência destes potenciais candidatos. E facilmente consigo encontrar pessoas que conheço e nas quais confio que me podem dar pormenores sobre determinado candidato.

Isto é poderoso. No meu caso, eu também uso o LinkedIn para preparar reuniões, assim sei muito mais sobre os candidatos – de onde é que eles são, o que temos em comum, pessoas que eles conhecem, e isto permite-nos construir uma conexão muito mais rapidamente. 

Enquanto plataforma de recrutamento não há nada que se compare ao LinkedInQue benefícios reconhece no LinkedIn enquanto plataforma de recrutamento e rede de negócios?

Eu uso o LinkedIn todos os dias, mas também o uso com o propósito de reunir informação pertinente para o negócio. O LinkedIn mostra-me os artigos que me interessam, que áreas estou interessado em aprofundar e dá-me as notícias de forma a estar sempre informado sobre aquilo que quero saber. E isto é extremamente poderoso. Eu não uso o LinkedIn para conhecer pessoas, uso-o para me manter conectado a pessoas que eu conheço ou que vou conhecer em breve.

Enquanto plataforma de recrutamento não há nada que se compare ao LinkedIn. Eu adoro-o por muitas razões, mas talvez a maior seja a forma como as pessoas podem criar um plano de carreira especial e único que sem LinkedIn nem saberiam que seria possível. Isto é tremendo, é pura magia. Poderia listar muitos mais benefícios mas estes são, neste momento, os mais importantes para mim.

Como é trabalhar com Jeff Weiner

O Jeff Weiner é um ser humano dotado. Ele é uma das pessoas mais inteligentes e brilhantes com quem alguma vez trabalhei. Nunca conheci ninguém que consegue absorver tanta informação e depois, rapidamente, identificar o problema. O Jeff preocupa-se muito com as pessoas que trabalham com ele e é especialmente dotado em resolver problemas dentro de uma empresa entre pessoas e equipas. O Jeff preocupa-se com a cultura da empresa e, ao contrário de muitos líderes, acredita verdadeiramente no poder de uma verdadeira cultura dentro de uma organização.

E como é que o LinkedIn reflete o seu modelo de liderança?

A esse respeito tenho que dizer que a sua visão de liderança evoluiu e transformou-se ao longo do tempo conforme ele próprio cresceu enquanto líder e se rodeou das melhores pessoas, mentores e membros do conselho. A liderança do Jeff assenta num pilar que é o de que uma grande equipa trabalha em conjunto para resolver problemas. Apesar de o Jeff ser CEO, e o seu papel ser o de ajudar outros a tomar ótimas decisões e fazer as melhores escolhas, vou lembrar-me dele como o único líder que disse a uma empresa que as pessoas estão em primeiro lugar e acreditou nisso e agiu em conformidade com isso. Em todos os anos que estive no LinkedIn, o Jeff teve várias reuniões e a primeira coisa da qual falava era a equipa e as pessoas – nunca vendas. Ele começou sempre as reuniões pelo tópico mais importante: a equipa.

Recrutar uma equipa é o exercício mais importante para qualquer empresa. [A equipa] é o músculo mais importante que uma empresa deve ter

Do ponto de vista organizacional, o LinkedIn facilita ou complica o processo de recrutamento?

Facilita. Recrutar uma equipa é o exercício mais importante para qualquer empresa. [A equipa] é o músculo mais importante que uma empresa deve ter. Qualquer pessoa que acredite que o recrutamento é difícil é porque está a olhar para o problema da forma errada. O LinkedIn permite às empresas terem mais informações para encontrarem a pessoa certa do que alguma vez foi possível. Porque é que alguém não quereria esta vantagem? 

O LinkedIn é mais útil para os recrutadores ou para os candidatos?

Para ambos, mas depende muito do esforço que se empenha nisso. Como tudo, se se quer um benefício tem que se fazer o esforço. 

Qual é, na sua perspetiva, o grande objetivo do LinkedIn?

Parece-me que é o de criar uma plataforma que permita às pessoas que se conhecem manter um contacto e partilhar ideias, ajudando-se mutuamente. 

Que tipo de recomendações daria a alguém numa função de recrutamento para utilizar o LinkedIn como captação de talento?

Bom, se um recrutador ou caçador de talentos não sabe ainda como utilizar o LinkedIn… então não o posso ajudar. Mas, honestamente, têm sido escritos milhões de artigos sobre isto e muitos especialistas do LinkedIn têm vídeos onde falam sobre isto. Se uma pessoa tem curiosidade acerca do LinkedIn é só procurar informação. Falem com pessoas que sabem usar o LinkedIn e perguntem-lhes porque é o usam e vejam se gostam do que ouvem.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório