Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Empresa angolana Kikovo corrige dados sobre produção de ovos

A Kikovo, maior empresa angolana do setor avícola, informou hoje que tem uma produção diária de um milhão de ovos por dia, contrariando valores anteriormente divulgados por um outro responsável.

Empresa angolana Kikovo corrige dados sobre produção de ovos
Notícias ao Minuto

16:45 - 11/10/19 por Lusa

Economia Avícola

Em comunicado enviado à Lusa, a administradora da empresa, Elisabete Dias dos Santos, esclareceu ainda que a Kikovo produz também a ração consumida pelas aves, contrariando informações anteriormente divulgadas por um responsável da empresa no salão Expo-Indústria 2019 de Angola.

Elisabete Dias dos Santos explicou, numa nota enviada à Lusa, que tendo em conta a especificidade desta atividade, os níveis de postura obedecem a "um plano de reposição de bandos, que foi devidamente acautelado", não sendo afetado "nem em quantidade nem em qualidade" por fatores externos.

A administradora da Kikovo refere igualmente que a empresa não importa ração.

"Produzimos a ração que as nossas aves consomem, reservando uma margem que vendemos a pequenos produtores, servindo de apoio a esses produtores", sublinha Elisabete Dias dos Santos.

Segundo a página da Internet, a Classiovo, que produz a marca Kikovo, foi criada em 2012 e hoje é uma das maiores unidades de negócio do grupo. Integrada no polo "Fazenda a Pérola do Kikuxi", possui um efetivo de 1,2 milhões de galinhas, instaladas em dez pavilhões com controlo automatizado de temperatura, humidade, etc.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório