Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Brasil arrecada 1,9 mil milhões de euros em leilão de blocos de petróleo

O Governo do Brasil leiloou hoje 12 de 36 blocos exploratórios de petróleo e gás apresentados na 16ª ronda de licitações, arrecadando 8,9 mil milhões de reais (1,9 mil milhões de euros).

Brasil arrecada 1,9 mil milhões de euros em leilão de blocos de petróleo
Notícias ao Minuto

20:21 - 10/10/19 por Lusa

Economia Petróleo

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), órgão regulador do setor no país, este foi um valor recorde entre as rondas no regime de concessão já realizadas e o valor arrecadado é quase três vezes superior ao mínimo exigido pelas 36 concessões oferecidas.

A ANP estimou que o leilão irá gerar investimentos de cerca de 1,6 mil milhões de reais (350 milhões de euros) na primeira fase dos contratos de concessão.

O bloco C-M-541, na Bacia de Campos, teve a maior valorização registada em leilão, por cerca de 4,3 mil milhões de reais (950 milhões de euros).

As empresas ou consórcios vencedores foram definidos pelos critérios do bónus de assinatura (valores em dinheiro a partir de um mínimo definido no edital que são pagos antes da assinatura dos contratos) e valores do programa exploratório mínimo, que são atividades que a empresa se propõe realizar no bloco durante a fase de exploração.

Petrobras, Repsol, Chevron, Wintershall, British BP Energy, Shell, Total Francesa, QPI, Petronas e a ExxonMobil conquistaram em consórcio, ou individualmente, os 12 lotes leiloados pelo Governo brasileiro.

A área total arrematada foi de cerca de 11,8 mil quilómetros quadrados.

Em comunicado divulgado pela ANP após o leilão, o ministro de Minas e Energia do Brasil, Bento Albuquerque, frisou que o recorde em arrecadação de bónus de assinatura abre novas perspetivas para os próximos leilões que ocorrem no país ainda neste ano.

Já o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, salientou que em resultado do leilão, estima-se para "três a quatro novas plataformas no litoral dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, uma produção de 400 a 500 mil barris de petróleo por dia e arrecadação na ordem de 100 mil milhões de reais [22 mil milhões de euros] em tributos e participações governamentais ao longo da vida dos projetos".

Outros dois leilões de petróleo deverão acontecer no Brasil até final do ano.

O primeiro, em 06 de novembro, será o leilão do excedente da cessão onerosa nas áreas na bacia de Santos, no litoral de São Paulo, sem risco exploratório, isto é, locais onde a presença de petróleo e gás é garantida e que, por isso, tem gerado grande expectativa do Governo brasileiro e das empresas do setor.

A ANP prevê também, para 07 de novembro, a 6ª ronda de partilha de produção, com blocos no polígono do pré-sal entre o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório