Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Mercado liberalizado da eletricidade ganhou 13 mil clientes em agosto

Mais de 13 mil clientes, em termos líquidos, aderiram ao mercado livre de eletricidade em agosto, que passou a ter mais de 5,2 milhões de clientes, segundo dados hoje divulgados pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Mercado liberalizado da eletricidade ganhou 13 mil clientes em agosto
Notícias ao Minuto

17:26 - 10/10/19 por Lusa

Economia ERSE

Segundo o Boletim do Mercado Liberalizado de Eletricidade, referente a agosto de 2019, o mercado livre de eletricidade tinha 5.201.340 clientes em agosto, tendo entrado 25.567 clientes e saído 12.492, num crescimento líquido de 13.075 clientes face a julho de 2019.

Em termos relativos, o número de clientes no mercado livre cresceu 0,3% em agosto face a julho. Já face a agosto de 2018, o número de consumidores no mercado livre cresceu 2,8%.

O consumo anualizado atingiu 43.108 GWh em agosto, o que representa um decréscimo de 0,04% face a julho, mas um acréscimo de 0,9% em relação a agosto de 2018.

"O consumo no mercado livre totaliza, em agosto, 94,2% do consumo total registado em Portugal continental", segundo a ERSE.

Enquanto a quase totalidade dos grandes consumidores está no mercado livre, os clientes domésticos representavam em agosto 86% do consumo total do segmento, acima dos 84,8% de agosto de 2018.

A EDP Comercial continua a ser o principal operador no mercado livre, quer em número de clientes (79%) quer em consumo (42%).

Ainda assim, tem vindo a diminuir em número de clientes desde agosto de 2018. Em agosto deste ano, a quota da EDP Comercial diminuiu 0,2 pontos percentuais face a julho.

Já em termos de consumo, a sua quota aumentou m 0,1 pontos percentuais face ao mês anterior.

A Endesa manteve, em agosto, a liderança no segmento de clientes industriais (27,7%), ainda que com uma redução de quota de 0,3 pontos.

A Iberdrola continuou, por seu turno, a liderar no segmento dos grandes consumidores (29%), mantendo as suas quotas face a julho de 2019;

Sobre a intensidade de troca de fornecedor de energia - ou seja, o número de clientes que deixa a carteira de um Comercializador de Último Recurso (CUR) e passa a um comercializador em regime de mercado -- diz o relatório que essa intensidade continua a ser inferior (cerca de 22%) ao número de consumidores que troca de comercializador já em regime de mercado, havendo assim uma tendência dos consumidores em mercado livre trocarem de comercializador.

Quanto à concentração de mercado, face ao mês anterior, diminuiu apenas ligeiramente tanto em número de clientes (0,4 pontos percentuais) como em consumo (0,1 pontos percentuais).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório