Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Bolsas europeias em baixa perante negociações entre Washington e Pequim

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, exceto Paris, com os investidores muito pendentes do início da nova ronda de negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China.

Bolsas europeias em baixa perante negociações entre Washington e Pequim
Notícias ao Minuto

09:33 - 10/10/19 por Lusa

Economia Bolsas europeias

Cerca das 09:10 em Lisboa, o EuroStoxx 600 descia 0,45% para 378,59 pontos.

As bolsas de Londres e Frankfurt desciam 0,46% e 0,41%, bem como as de Madrid e Milão que recuavam 0,16% e 0,44%, respetivamente.

Paris era a exceção, já que avançava 0,09%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa invertia a tendência e, cerca das 09:10, o principal índice, o PSI20, desvalorizava-se 0,19% para 4.911,80 pontos.

Apesar das tensões dos últimos dias entre Washington e Pequim, a bolsa de Wall Street terminou na quarta-feira animada pela possibilidade de os dois países alcançarem finalmente um acordo comercial depois do Presidente norte-americano, Donald Trump, ter assegurado que existe uma "muito boa possibilidade" de alcançar um acordo.

A nova ronda de negociações que se inicia hoje ocorrerá dias antes da nova subida de tarifas, prevista para 15 de outubro, de 25% a 30% sobre importações chinesas no valor de 250.000 milhões de dólares.

Além das negociações comerciais, o mercado estará pendente da publicação das atas da última reunião de política monetária do Banco Central europeu (BCE), da taxa de inflação nos Estados Unidos e do cálculo atualizado da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) da oferta e da procura de petróleo.

Este será o primeiro relatório da OPEP depois da redução da produção da Arábia Saudita no mês passado devido a ataques terroristas contra a principal refinaria saudita.

Em relação ao 'Brexit', as últimas declarações dos dirigentes mostram que as posturas face a um possível acordo estão cada vez mais afastadas.

A Comissão Europeia negou que as negociações com Londres se tenham rompido, mas criticou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, pelo "estúpido" jogo de acusações e pediu-lhe clareza.

Na quarta-feira, o Dow Jones terminou a subir 0,70% para 26.346,01 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 27.359,16 pontos, registado em 15 de julho.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 1,02% para 7.903,74 pontos, contra o atual máximo, de 8.330,21 pontos, registado em 26 de julho.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1017 dólares, contra 1,0973 dólares na terça-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 58,04 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 58,32 dólares na quarta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório