Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Euro sobe ligeiramente após quatro sessões consecutivas a perder

O euro subiu hoje ligeiramente, mas manteve-se abaixo dos 1,10 dólares, após quatro sessões consecutivas a perder, perante a expetativa de que a reserva federal norte-americana (Fed) vá abrandar a sua política monetária.

Euro sobe ligeiramente após quatro sessões consecutivas a perder
Notícias ao Minuto

19:08 - 09/10/19 por Lusa

Economia Moeda

Às 18:14 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,0976 dólares, quando na terça-feira, pela mesma hora, negociava a 1,0951 dólares.

O euro também subiu em comparação com a libra e com o iene.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa de câmbio de referência do euro em 1,0981 dólares.

O mercado aumentou a expetativa de uma descida das taxas de juro nos Estados Unidos.

O presidente da Fed, Jerome Powell, já afirmou que vai aumentar a compra a títulos a curto prazo do Tesouro dos EUA para evitar que se repitam as recentes perturbações nos mercados financeiros de muito curto prazo.

De acordo com os analistas consultados pela agência EFE, a pressão sobre a Fed aumentou porque outros bancos centrais baixaram as suas taxas de juro e o BCE vai voltar a comprar dívida da zona euro.

Divisas..........hoje...............terça-feira

Euro/dólar.......1,0976....................1,0951

Euro/libra......0,89921.................. 0,89634

Euro/iene........118,01................... 117,36

Dólar/iene.......107,52................... 107,16

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório