Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Falência da Thomas Cook é "reordenamento do setor"

O diretor executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT), Manuel Butler, afirmou hoje que a falência da Thomas Cook "é um reordenamento do setor" no contexto da "transformação brutal" que está a viver o turismo a nível mundial.

Falência da Thomas Cook é "reordenamento do setor"
Notícias ao Minuto

18:12 - 09/10/19 por Lusa

Economia Organização Mundial do Turismo

A falência do operador turístico britânico é "uma notícia triste", já que para uma organização que promove o turismo é sempre uma "má notícia" quando desaparece um dos seis atores, mas este desaparecimento enquadra-se no "momento disruptivo" que vive o setor, afirmou o responsável, citado pela agência EFE.

"Os fluxos turísticos e a vontade de viajar mantém-se" e, além disso, viajar "é um bem de primeira necessidade", pelo que o mercado voltará à normalidade, acrescentou Manuel Butler.

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência em 23 de setembro último, depois de não ter conseguido obter fundos necessários para garantir a sobrevivência.

A falência levou as autoridades a organizar um repatriamento de cerca de 600.000 turistas em todo o mundo.

Em Portugal, o Governo disponibilizou uma linha de crédito para as empresas afetadas pela insolvência do operador turístico Thomas Cook, com um montante até 1,5 milhões de euros, para financiar necessidades de tesouraria.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório