Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Produtos de financiamento especializado crescem (e estimulam economia)

Os produtos de financiamento especializado registaram "um crescimento sustentável" no primeiro semestre, "o que espelha o crescimento da economia portuguesa", de acordo com os dados hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Leasing, Factoring e Renting (ALF).

Produtos de financiamento especializado crescem (e estimulam economia)
Notícias ao Minuto

11:24 - 24/09/19 por Lusa

Economia Financiamento

Em comunicado, a entidade refere que "os valores estimados do factoring doméstico revelam o desenvolvimento do setor, registando um total de créditos tomados de cerca de oito mil milhões de euros (mais 16,1% do que no 1.º semestre de 2018)", refere a ALF.

"O 'confirming' (serviço em que a instituição de factoring efetua o pagamento aos fornecedores do seu cliente, podendo estes solicitar a antecipação do mesmo) continua a registar elevados níveis de procura, com uma expansão de 10,3%, equivalendo a um volume estimado superior a seis mil milhões de euros", acrescenta.

"A vertente internacional do factoring espelha o desempenho positivo da economia, destacando-se o factoring de importação, que regista uma subida de 30,9% no 1.º semestre de 2019, para cerca de 122 milhões de euros. O factoring de exportação totalizou uma produção de 2,3 mil milhões de euros, registando, no entanto, uma queda de 2,8%, que se deve à desaceleração das exportações que se tem sentido no mercado nacional", refere a ALF.

"Na sua globalidade, o setor do factoring apresentou um crescimento estimado de 11,1% face ao período homólogo do ano anterior, com as instituições associadas da ALF a tomarem 16,6 mil milhões de euros em faturas nos primeiros seis meses de 2019", adianta.

"As projeções da ALF mostram que também no setor do Leasing se regista um incremento" e a locação financeira imobiliária "registou investimentos no valor de 430 milhões de euros, o que equivale a uma subida de 2,3% face ao período homólogo do ano passado e revela um apoio acima da média face a outros meios de financiamento".

Por sua vez, no leasing mobiliário, "os valores mantiveram-se estáveis em relação ao primeiro semestre de 2018, num total de 1,09 mil milhões de euros, tendo o leasing de viaturas registado uma produção de 720 milhões de euros, enquanto o leasing de equipamentos foi responsável por investimentos no valor de 367 milhões de euros".

Os resultados finais do setor de 'renting' apontam para uma produção total de 14.682 viaturas ligeiras novas, no valor de 300 milhões de euros, equivalendo a um decréscimo de 7,6% e 6,1%, respetivamente.

"Estes resultados são, em geral, positivos e retratam o facto de o setor do financiamento especializado estar a acompanhar a tendência de crescimento da economia portuguesa e apresentar-se como um suporte essencial à competitividade das empresas e à economia em geral", refere o presidente da ALF, Alexandre Ferreira Santos, citado em comunicado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório