Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

PSI20 segue em terreno positivo com Mota Engil e BCP a puxarem por ganhos

A bolsa de Lisboa segue em terreno positivo, em linha com as principais congéneres europeias, com a Mota Engil e o BCP a puxarem pelos ganhos.

PSI20 segue em terreno positivo com Mota Engil e BCP a puxarem por ganhos

Pelas 08:50, o principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, seguia a avançar 0,43% para 5.038,37 pontos, com 11 ações alta, cinco em baixa e duas inalteradas.

As ações que mais subiam eram as da Mota Engil e do BCP, que avançavam 1,91% e 1,61% para 2,13 euros e 0,21 euros.

A Galp, por sua vez, avançava 0,96% para 13,10 euros.

Do lado das perdas, o destaque é da Pharol e da EDP, que seguem a pressionar o índice português, com descidas de 0,67% e 0,46% para 0,12 euros e 3,47 euros.

A Jerónimo Martins, por sua vez, recuava 0,22% para 15,78 euros.

Lisboa seguia alinhada com as principais bolsas europeias, que estavam hoje em alta, animadas pela perspetiva de novas negociações comerciais entre a China e os Estados Unidos, anunciadas hoje.

Diversas medidas foram adotadas na quinta-feira pelo Banco Central Europeu (BCE) na sequência da reunião de política monetária, mas analistas citados pela Efe referem que as mesmas "souberam a pouco".

O BCE desceu a taxa de juro dos depósitos de -0,40% para -0,50% para incentivas os bancos a aumentarem a concessão de créditos para financiar o crescimento.

Hoje os mercados aguardam a publicação de indicadores macroeconómicos dos Estados Unidos, como as vendas a retalho em agosto, que poderiam abrandar, e o índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan de setembro, que deverá manter-se em máximos.

Na quinta-feira, a bolsa de Wall Street terminou em alta, com o Dow Jones a avançar 0,17% para 27.182,45 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 27.359,16 pontos, registado em 15 de julho.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1104 dólares, contra 1,1068 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em novembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 60,25 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,13 dólares do que no fim da sessão anterior.

O barril de petróleo Brent esteve acima dos 85 dólares no início de outubro do ano passado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório