Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Jerónimo Martins e CTT lideram subidas na bolsa de Lisboa

As ações da Jerónimo Martins, Altri e CTT estão hoje a liderar as subidas do índice PSI20 da bolsa de Lisboa que segue a ganhar 0,52% para 4.838,98 pontos.

Jerónimo Martins e CTT lideram subidas na bolsa de Lisboa

Pelas 08h44 (hora de Lisboa), das 18 cotadas no principal índice português, 13 subiam, três mantinham-se inalteradas, a Semapa nos 12,6%, Ramada Investimentos e Indústria nos 6,26 euros e a Ibersol nos 8,14 euros, e duas desciam, com a praça nacional em alta à semelhança das congéneres europeias.

As ações da retalhista Jerónimo Martins, um dos 'pesos pesados' do índice PSI20, subiam 1,72% para 14,81 euros, seguida da Altri a ganhar 1,33% para 5,70 euros e dos CTT a recuperar 1,07% para 1,89 euros.

Os analistas referiram que as ações do BCP, a subirem 0,31% para 0,19 euros, vão continuar a apresentar alguma volatilidade, enquanto não se clarificar o problema da conversão dos empréstimos em francos suíços para zloty.

Os CTT vão estar também no radar dos investidores depois de, na quinta-feira, as ações terem caído 3,86%, sem razão aparente em termos de notícias.

As ações da Navigator seguiam a subir 0,92% para 3,06 euros, enquanto a 'holding' da Sonae, liderada por Cláudia Azevedo, recuperava 0,67% para 0,82 euros e a Pharol valorizava 0,56% para 0,11 euros.

Os títulos da construtora Mota-Engil subiam 0,47% para 12,88 euros, com a Galp a ganhar também 0,47% para 12,88 euros.

No mesmo sentido, os 'papéis' da Corticeira Amorim recuperavam 0,44% para 9,14 euros, a elétrica EDP Renováveis ganhava 0,21% para 9,77 euros e os títulos da NOS subiam 0,19% para 5,29 euros.

Ainda no setor das elétricas a EDP avançava 0,15% para 3,41 euros.

A contrariar os ganhos do PSI20 estava a Sonae Capital, que perdia 0,65% para 0,61 euros, e a REN que recuava 0,40% para 2,52 euros.

A REN deu a conhecer que vai garantir o contrato de longo prazo a 15 anos no leilão português de energia solar, para a venda de eletricidade a ser produzida pelo projeto solar na região do Ribatejo, com uma capacidade total de 142 megawatts.

Este projeto eólico tem instalação prevista para 2022.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório