Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Subsídio de desemprego voltou a superar o patamar dos 500 euros

Em julho, o valor do subsídio de desemprego cifrou-se em 501,21 euros.

Subsídio de desemprego voltou a superar o patamar dos 500 euros

O subsídio de desemprego voltou a superar o patamar dos 500 euros em julho, de acordo com os números mais recentes divulgados pela Segurança Social. No mês passado, o valor da prestação cifrou-se em 501,21 euros, mais 6,24 euros do que no mês anterior.

A notícia, sublinhe-se, foi avançada pelo Jornal de Negócios e dá ainda conta que o patamar dos 500 euros não era superado há seis anos. Porém, os valores ainda não atingiram os que eram registados no final de 2011.

De salientar também que o valor do subsídio de desemprego é mais elevado na região de Lisboa, de 560,90 euros. Por outro lado, a Região Autónoma da Madeira é a que apresenta o valor mais baixo, de 435,25 euros. 

Ainda de acordo com os dados da Segurança Social, existiam 159.143 beneficiários de prestações de desemprego em julho

Porém, recorde-se que as prestações de desemprego incluem o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial, o subsídio social de desemprego subsequente, o prolongamento de subsídio social de desemprego e a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório