Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Programa Regressar (só) tem 'estes' candidatos. Afinal, quem pode aderir?

Programa do Governo destina-se a fazer regressar emigrantes portugueses ao mercado de trabalho nacional.

Programa Regressar (só) tem 'estes' candidatos. Afinal, quem pode aderir?

Um mês de Programa Regressar e (apenas) 71 candidaturas ao apoio do Governo para que emigrantes portugueses regressem ao país, como escrevia o jornal Público. Em causa, sublinhe-se, está um apoio financeiro que pode chegar aos 6.500 euros aos cidadãos que regressem ao território nacional, mediante a celebração de um contrato de trabalho. 

Quem pode aderir? Ora, de acordo com o Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP), podem candidatar-se ao Programa Regressar os cidadãos que reúnam, cumulativamente, as seguintes condições

  • Iniciem atividade laboral em Portugal continental entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, mediante a celebração de contrato de trabalho sem termo;
  • Sejam emigrantes que tenham saído de Portugal até 31 de dezembro de 2015;
  • Tenham a respetiva situação contributiva e tributária regularizada;
  • Não se encontrem em situação de incumprimento no que respeita a apoios financeiros concedidos pelo IEFP.

Ora, segundo o mesmo jornal, o programa tinha um financiamento de 10 milhões de euros e como prevê a atribuição de 6.500 euros aos emigrantes que regressem levou a que o Governo estimasse um universo potencial de 1.500 beneficiários este ano.

As candidaturas à nova medida de Apoio ao Regresso de Emigrantes a Portugal podem ser realizadas no site do Instituto de Emprego e Formação Profissional. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório