Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2019
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Portugal esteve quase na bancarrota, mas (agora) a dívida já não rende

E não 'somos' exemplo único.

Portugal esteve quase na bancarrota, mas (agora) a dívida já não rende

Portugal foi um dos países que já esteve na bancarrota e, por isso, a compensação exigida pelos investidores na hora de comprar dívida do país era elevada. Isto é bem diferente do que acontece atualmente, uma vez que a rentabilidade da dívida é agora quase nula. 

Escreve a Bloomberg que Portugal não é exemplo único, a par está também Espanha, país onde as condições atuais são semelhantes. 

Ora, o que se passa marca uma "reviravolta extraordinária" para os países que já estiveram bem perto da falência, ao mesmo tempo que significa uma "nova era para os mercados obrigacionistas", nos quais a rentabilidade é baixa e os bancos centrais pouco podem fazer para estimular a inflação. 

"Receio que todas as curvas [da rentabilidade] fiquem a zero e todas as taxas estão a ir na direção de zero", disse James Athey, gestor sénior de investimentos da Aberdeen Standard Investments, que atualmente não tem posições na dívida da Espanha ou Portugal, de acordo com a agência de notícias. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório