Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Bolsa de Nova Iorque fecha a subir

A bolsa de Nova Iorque fechou hoje a subir, impulsionada pelo Nasdaq e pelo Dow Jones, antevendo medidas de apoio económico na China e Alemanha, e confiante com o prolongamento da isenção dada por Washington à Huawei.

Bolsa de Nova Iorque fecha a subir
Notícias ao Minuto

23:02 - 19/08/19 por Lusa

Economia Bolsa de Nova Iorque

O principal índice de Wall Street, o Dow Jones, subiu 0,96%, para 26.135,79 pontos, ao passo que o Nasdaq acelerou 1,35%, para 8.002 pontos, e o S&P500 valorizou-se em 1,21%, para 2.923 pontos.

De acordo com o analista Nate Thooft, da Manulife Asset Management, os agentes do mercado acolheram positivamente várias notícias económicas, incluindo a existência de "medidas de apoio na China e na Alemanha".

O Governo norte-americano prolongou hoje por 90 dias as isenções que permitem ao grupo chinês de telecomunicações Huawei continuar a fazer negócios nos Estados Unidos, indicou o secretário do Comércio, Wilbur Ross.

Os Estados Unidos consideraram em maio que a Huawei constitui uma ameaça à segurança nacional e disseram que queriam banir o grupo dos Estados Unidos, mas acabaram por conceder isenções temporárias a determinadas empresas norte-americanas que negoceiam com o grupo chinês, permitindo-lhes vender alguns produtos ou mudarem de fornecedores.

"Há mais 90 dias para as empresas de telecomunicações norte-americanas, incluindo algumas empresas rurais, que dependem da Huawei", explicou Ross em declarações na Fox Business. "Vamos dar-lhes mais tempo para se separarem", acrescentou.

O Bundesbank, banco central alemão, alertou hoje que a economia alemã, a maior da Europa, pode estar a recuar durante os meses de verão, depois da contração já registada no segundo trimestre, aumentando a possibilidade de entrar em recessão.

No seu relatório mensal, divulgado hoje, o Bundesbank afirma que o produto interno bruto (PIB) alemão "pode continuar a cair ligeiramente" no terceiro trimestre, ou seja, entre julho e setembro.

A confirmar-se, será o segundo trimestre consecutivo de contração da economia alemã, depois de o PIB ter recuado 0,1% no segundo trimestre, entre abril e junho.

Uma recessão técnica consiste em dois trimestres consecutivos de contração da economia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório