Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Já há candidato europeu ao FMI: Georgieva é a escolhida

Os ministros das Finanças dos países da União Europeia chegaram a um consenso.

Já há candidato europeu ao FMI: Georgieva é a escolhida

Parecia que o impasse iria manter-se na corrida à sucessão de Christine Lagarde na liderança do FMI. Mas já há luz verde relativamente ao candidato europeu ao FMI. Trata-se de Kristalina Georgieva, a diretora-executiva do Banco Mundial.

Mário Centeno, ministro das Finanças, e que chegou a estar nesta corrida para substituir Lagarde, já reagiu a esta decisão. Centeno deu os parabéns a Georgieva e realçou que face "às crescentes tensões globais, é imperativo defender o FMI como símbolo do multilateralismo e da cooperação internacional".

Depois de mais de 12 horas de negociações e de votações, os ministros das Finanças da União Europeia escolheram Georgieva, que, segundo a Reuters, emergiu como clara vencedora na segunda ronda de votação. 

Jeroen Dijsselbloem, que disputava a corrida com Georgieva, também já aproveitou para dar os parabéns à búlgara por ter sido a escolhida.

De recordar que a lista de candidatos europeus ao FMI foi emagrecendo. Primeiro, foi Centeno a sair da corrida. Depois a ministra da Economia espanhola, Nadia Calviño, retirou a sua candidatura. Caminho que Olli Rehn, governador do banco central finlandês, também seguiu. 

Depois de estar decidido o candidato europeu, o FMI traçou o dia 6 de setembro como a data limite para quem se quiser candidatar à liderança da entidade. O processo tem de ficar fechado até ao dia 4 de outubro.

[Notícia atualizada às 21h09]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório