Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Implementar Conselho Económico e Social "é importante para os Açores"

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, definiu hoje como "importante" a implementação na região do Conselho Económico e Social, após uma reunião com o presidente daquele órgão, o economista Gualter Furtado.

Implementar Conselho Económico e Social "é importante para os Açores"

"Para o Governo dos Açores, este momento é importante por vários motivos. Em primeiro lugar, porque a configuração do Conselho Económico e Social resulta de uma decisão da Assembleia Legislativa, fruto de uma proposta do Governo dos Açores, após um trabalho de diálogo e de concertação com parceiros sociais, nomeadamente a Federação Agrícola dos Açores, a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores e a UGT-Açores", declarou o governante, no final do encontro tido em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

A criação deste conselho, prosseguiu Vasco Cordeiro, é também relevante pelas funções que possui nos termos da lei aprovada pelo parlamento, uma vez que se assume como um órgão colegial independente, consultivo e de acompanhamento dos órgãos de governo próprio - Governo dos Açores e Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

"Dessa forma dá-se também um passo significativo na consolidação e estruturação da nossa Autonomia, com a criação deste órgão colegial independente, consultivo e de acompanhamento do Governo e da Assembleia para as matérias de natureza económica, social, laboral e ambiental", prosseguiu.

Neste encontro, Gualter Furtado disse ter dado conta ao chefe do Governo dos Açores das "questões logísticas" sobre a implementação do órgão e a "agenda" futura do conselho para os próximos tempos.

O economista Gualter Furtado tomou posse no começo de julho como presidente do Conselho Económico e Social da Região Autónoma dos Açores, numa cerimónia tida na Horta e presidida pela presidente da Assembleia Legislativa Regional, Ana Luís.

O órgão, independente e de caráter consultivo, foi estabelecido há cerca de um ano, mas só agora o seu presidente tomou posse, após aprovação do seu nome no plenário do parlamento dos Açores de junho.

Gualter Furtado é presidente da comissão executiva do Novo Banco Açores: "Devo tanto aos Açores. É uma responsabilidade a que não podia dizer que não", sublinhou o economista na sua tomada de posse.

O Conselho Económico e Social da Região Autónoma dos Açores irá substituir o Conselho Regional de Concertação Estratégica, até agora o órgão de consulta e concertação nos domínios das políticas económica, social e ambiental da região.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório