Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Vendas do comércio a retalho crescem 4,5% em junho

As vendas do comércio a retalho cresceram 4,5% em junho, face ao aumento de 4,3% em maio, refletindo a aceleração observada nos produtos não alimentares, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Vendas do comércio a retalho crescem 4,5% em junho
Notícias ao Minuto

11:46 - 30/07/19 por Lusa

Economia INE

O índice de volume de negócios no comércio a retalho passou de um crescimento homólogo de 4,3% em maio para 4,5% em junho, refletiu a aceleração dos produtos não alimentares, que tiveram um acréscimo de 5,7% em junho, contra 3,8% no mês anterior.

Já os produtos alimentares registaram em junho um avanço de 2,9% em termos homólogos, desacelerando face aos 4,9% observado em maio, refere ainda o INE.

Os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário apresentaram aumentos homólogos em junho de 2,3%, 2,8% e 0,1%, respetivamente, contra os crescimentos de 2,3%, 4,6% e 1,3% em maio, respetivamente.

A variação em cadeia do índice agregado situou-se, em junho, em -0,9%, contra um aumento de 1,3% em maio.

O índice do agrupamento de produtos alimentares passou de uma variação mensal de 2,6% em maio para -2,5% em junho, enquanto o de produtos não alimentares manteve a variação de 0,3%.

Em termos nominais, o índice agregado desacelerou 0,9 pontos percentuais para 3,1% em junho, sendo que as variações dos índices dos agrupamentos produtos alimentares e produtos não alimentares foram 2,8% e 3,3% respetivamente (5,4% e 2,9% em maio, respetivamente).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório