Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Apollo chega a acordo com Generali para vender Seguradoras Unidas

A Apollo chegou a acordo com o grupo Generali para a venda da Seguradoras Unidas, dona da Tranquilidade e da Açoreana, e da AdvanceCare, informa o fundo norte-americano em comunicado.

Apollo chega a acordo com Generali para vender Seguradoras Unidas
Notícias ao Minuto

18:58 - 18/07/19 por Lusa

Economia Apollo

"Entidades maioritariamente detidas por fundos de investimento geridos por subsidiárias da Apollo Global Management chegam a acordo com o Grupo Generali para a venda da Seguradoras Unidas e da AdvanceCare", informa a Apollo em comunicado, sem indicar valores das transações.

O grupo adianta que o "acordo será agora sujeito ao necessário processo de aprovação regulatória" e acrescenta que "a concretização desta operação permitirá à Seguradoras Unidas e à AdvanceCare a aceleração da bem-sucedida jornada de crescimento, a ampliação das oportunidades de desenvolvimento para os seus colaboradores, e o fortalecimento da proposta de valor para clientes e parceiros".

De acordo com a agência Bloomberg, o grupo italiano Generali vai comprar a Seguradoras Unidas e a AdvanceCare à Apollo por cerca de 600 milhões de euros.

Segundo a mesma fonte, a Generali vai pagar ao fundo norte-americano 510 milhões de euros pela Seguradoras Unidas e 90 milhões pela AdvanceCare.

A Seguradoras Unidas é a companhia de seguros em Portugal que detém as marcas Tranquilidade, Açoreana e LOGO, tendo 15,5% da quota de mercado não-vida e 1,5 milhões de clientes.

Por seu lado, a AdvanceCare é um sistema integrado de saúde presente no mercado desde 1998, tendo um milhão de clientes sob sua gestão.

"Esta transação ocorre num momento natural da evolução da Seguradoras Unidas e AdvanceCare", adianta a Apollo, acrescentando que "as empresas estão hoje mais fortes, numa tendência clara de crescimento e de melhoria de rentabilidade, suportadas numa excelente reputação e em indicadores financeiros sólidos".

No documento, a Apollo refere-se ao Grupo Generali como um dos maiores grupos seguradores e de gestão de ativos do mundo, presente em 50 países e tendo atingido um total de prémios de mais de 66 mil milhões de euros no ano passado.

A imprensa tinha noticiado, em abril, que o grupo Apollo estava em contacto com vários investidores para vender a Seguradoras Unidas, que foi acusada no cartel das seguradoras no ano passado.

Em fevereiro, a Autoridade da Concorrência isentou-a de pagar a multa por ter sido quem denunciou o cartel.

A seguradora Tranquilidade pertencia ao Grupo Espírito Santo (GES) e passou na resolução do Banco Espírito Santo (BES) para o Novo Banco - a instituição de transição resultante da resolução do BES -, tendo sido comprada pelo fundo de investimento Apollo em janeiro de 2015, num negócio em torno de 215 milhões de euros, dos quais 50 milhões de euros em dinheiro e mais de 150 milhões de euros para reforçar os capitais da instituição, segundo notícias da altura.

Já em 2016 a Apollo ficou com a Açoreana, seguradora do Banif antes da resolução do banco, e formou o grupo Seguradoras Unidas (que junta Tranquilidade e Açoreana).

Em 2017, o grupo fez um programa de reestruturação com a saída por acordo de trabalhadores, ficando com cerca 1.000 funcionários.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório