Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
24º
MIN 22º MÁX 27º

Edição

Centeno mais perto do FMI? Dijsselbloem e Carney fora da corrida

Tanto o holandês como o britânico não garantem apoio dos líderes europeus, de acordo com a notícia que está a ser avançada pelo Politico.

Centeno mais perto do FMI? Dijsselbloem e Carney fora da corrida

O ministro das Finanças, Mário Centeno, poderá estar mais perto de ocupar o lugar de Christine Lagarde, na liderança do Fundo Monetário Internacional (FMI). Esta quinta-feira, o Politico avança que Jeroen Dijsselbloem e Mark Carney estão fora da corrida, dois dos que foram apontados como favoritos. 

Dijsselbloem, antigo presidente do Eurogroup e ministro das Finanças holandês, era visto como favorito para suceder Christine Lagarde na liderança do FMI, quando a responsável sair para o Banco Central Europeu. 

Porém, o responsável não garante o apoio dos líderes da UE. O mesmo acontece com Mark Carney, governador do Banco de Inglaterra, ao que escreve o Politico por causa do Brexit. 

Contactada pelo Notícias ao Minuto, fonte do gabinete do ministro das Finanças, Mário Centeno, não quis fazer comentários sobre o assunto. 

Em cima da mesa estão agora os nomes do presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, a ministra das Finanças espanhola, Nadia Calviño, e o presidente do banco central finlandês, Olli Rehn.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório