Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Investimento imobiliário em Portugal poderá atingir 3 mil milhões em 2019

A consultora CBRE estima que o investimento imobiliário nacional poderá atingir os três mil milhões de euros em 2019, um resultado potenciado por um aumento do ritmo na segunda metade do ano.

Investimento imobiliário em Portugal poderá atingir 3 mil milhões em 2019
Notícias ao Minuto

22:44 - 17/07/19 por Lusa

Economia CBRE

Em comunicado, o grupo adiantou que "o mercado de investimento em imobiliário em Portugal revelou-se bastante dinâmico ao longo do primeiro semestre de 2019 e a expectativa é que o ritmo seja ainda mais acelerado na segunda metade do ano".

Citado na mesma nota, Francisco Horta e Costa, diretor-geral da CBRE disse que "o nível de investimento em 2018 rondou os 3,5 mil milhões de euros, sendo pouco provável que em 2019 se atinja novamente este recorde. Contudo, as projeções da CBRE são hoje mais altas que aquelas divulgadas no início do ano, apontando para o volume de investimento entre os 2,5 e os três mil milhões de euros, em contraponto aos dois a 2,5 mil milhões de euros previstos em janeiro de 2019".

Este aumento prende-se, de acordo com Cristina Arouca, diretora de Research da empresa, com "a manutenção de uma elevada liquidez por parte dos investidores e a garantia de que as taxas de juro se vão manter inalteradas até ao final do ano, conforme anunciou o Banco Central Europeu (BCE), em março deste ano".

Além disso, a procura continua "muito ativa", segundo a responsável, sendo que "persiste a escassez de espaços disponíveis para arrendamento, o que tem induzido uma forte subida do valor das rendas e, consequentemente, a valorização dos ativos imobiliários".

De acordo com a CBRE, "pela primeira vez, o setor hoteleiro foi o que captou a maior fatia do capital (39%), motivado pela abertura dos investidores a setores menos tradicionais e com maior risco operacional" e pelos "fortes indicadores" do turismo.

Por sua vez, o setor do comércio registou 29% "do total investido em imobiliário de rendimento no período analisado e os escritórios registaram uma quota de 23%", adiantou a CBRE.

A consultora destacou ainda "o setor das residências de estudantes de desenvolvimento particular, cujo interesse por parte de investidores cresceu significativamente ao longo dos últimos dois anos e mantém-se muito ativo".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório