Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2019
Tempo
28º
MIN 23º MÁX 32º

Edição

"Motoristas terão de explicar porque é que vão prejudicar os portugueses"

Os sindicatos Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) entregaram, esta segunda-feira, um pré-aviso de greve para o dia 12 de agosto. Negociações entre patrões e motoristas não saem do impasse.

"Motoristas terão de explicar porque é que vão prejudicar os portugueses"

Os sindicatos Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas e Independente dos Motoristas de Mercadorias e a Federação Nacional dos Transportes (FECTRANS) estiveram reunidos, esta segunda-feira, com os representantes da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM).

À saída da reunião, o coordenador da FECTRANS disse aos jornalistas que o que interessa é a “defesa dos interesses dos trabalhadores”, mas não fechou a porta à continuidade das negociações.

“Neste momento não nos foi entregue nenhuma proposta por parte da ANTRAM. No entanto, a mesma associação patronal, que deu por encerrado o processo aqui, comprometeu-se a enviar, até amanhã, uma proposta”, disse José Manuel Oliveira.

O coordenador da FECTRANS recordou ainda que “há um processo autónomo com a FECTRANS”, bem como um “contrato coletivo de trabalho”, razão pela qual serão enviadas “propostas para prosseguir as negociações”.

Momentos depois foi a vez de o porta-voz da ANTRAM ter falado aos jornalistas e ter assegurado que foi com uma “profunda desilusão” que a associação patronal saiu da reunião, até porque, sublinhou, “vinha mais uma vez disposta a negociar”.

André Matias de Almeida destacou que as “negociações com o sindicato que não apresentou o pré-aviso de greve prosseguirão num ambiente normal e de boa-fé negocial”.

Já quanto ao SNMMP e ao SIMM, o responsável acusou os dois sindicatos de não “quererem ter tido acesso às contrapropostas da ANTRAM" e agora "terão de explicar ao país porque é que vão prejudicar mais um direito constitucional, que é o das férias dos portugueses, com a greve do dia 12”.

Recorde-se que antes havia sido o vice-presidente do Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas a falar aos jornalistas e a afirmar que a ANTRAM “deu o dito por não dito”, acusando a associação do setor de se recusar a cumprir com o estipulado anteriormente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório