Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 21º

Edição

Comissão Europeia publica hoje previsões económicas intercalares de verão

A Comissão Europeia divulga hoje, em Bruxelas, as previsões económicas intercalares de verão, que contemplam estimativas de evolução do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação em todos os Estados-membros.

Comissão Europeia publica hoje previsões económicas intercalares de verão
Notícias ao Minuto

06:31 - 10/07/19 por Lusa

Economia Bruxelas

Nas anteriores previsões, da primavera, divulgadas em maio, o executivo comunitário antecipou um abrandamento do crescimento da economia portuguesa, estimando que o PIB progrida 1,7% tanto este ano como no próximo (depois de ter crescido 2,1% em 2018), projeções que ficam abaixo das do Governo, cuja estimativa é de 1,9% em 2019 e em 2020.

A nível global, a Comissão Europeia voltou a rever em baixa, na primavera, as previsões de crescimento da economia da zona euro para 2019, para 1,2%, mas estimando que volte a acelerar em 2020, para os 1,5%.

O crescimento do PIB e a inflação são os dois únicos indicadores contemplados nas previsões intercalares (de inverno, em fevereiro, e do verão, em julho), de acordo com o novo mapa de previsões económicas adotado no ano passado pela Comissão, que publica previsões macroeconómicas completas na primavera e no outono, para alinhar o seu calendário com o de outras instituições, designadamente Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

As previsões serão apresentadas na sede da Comissão Europeia às 10:15 de Lisboa pelo comissário dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório