Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 22º MÁX 31º

Edição

Programa desafia estudantes a criar 'startup' em 15 dias. Sim, 15 dias

Terceira edição do programa vai decorrer entre 14 de julho e 2 de agosto.

Programa desafia estudantes a criar 'startup' em 15 dias. Sim, 15 dias

Criar uma 'startup' em 15 dias: este é o desafio do European Innovation Academy (EIA) a 175 estudantes das melhores universidades do país, um programa de empreendedorismo tecnológico que regressa a Portugal já em julho para a terceira edição. 

Esta edição vai decorrer entre os dias 14 de julho e 2 de agosto no concelho de Cascais e contará no total com 500 participantes vindos de 60 países diferentes, de acordo com um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Durante três semanas, os participantes, provenientes de cerca de 100 das melhores universidades americanas, asiáticas e europeias, vão formar equipas de cinco elementos com o objetivo de criar 100 projetos de diferentes áreas, desde smart devices, big data, IoT, 3D printing a aplicações web.

"Hoje é mais fácil do que nunca escalar uma empresa de tecnologia nos mercados internacionais. Portugal já tem uma empresa pioneira como a Farfetch, bem como a tradicional estrela Pastel de Nata. Neste julho, desafiamos à criação de 100 startups em Cascais, capital de verão da inovação, sendo que as novas estrelas nascerão aqui", refere Alar Kolk, presidente da EIA.

A European Innovation Academy em Portugal conta ainda com o apoio dos seus três parceiros principais, Câmara Municipal de Cascais, do banco Santander e da Lab1886, a incubadora da multinacional Daimler, bem como com o cunho da Beta-i, da Nova SBE, da Universidade Nova de Lisboa e da Carris.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório