Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Salário mínimo em Portugal foi dos que menos cresceu. Onde subiu mais?

Relatório do Eurofound coloca Portugal entre os países que menos aumentaram o salário mínimo nacional. A Lituânia foi o país onde o montante mais cresceu.

Salário mínimo em Portugal foi dos que menos cresceu. Onde subiu mais?
Notícias ao Minuto

06:53 - 05/06/19 por Noticias ao Minuto 

Economia salário mínimo

O salário mínimo em Portugal pouco aumentou. A conclusão é de um estudo do Eurofound que revela que o salário base por cá registou uma valorização real de 2,8% ao longo do último ano, bem abaixo da Lituânia - que registou o maior aumento - com uma taxa de 36,5%. 

Por outro lado, o estudo revela que o salário mínimo em Portugal é dos que esté menos exposto a descontos para a Segurança Social, com uma taxa de 11%. Em termos de comparação, na Bélgica é onde a taxa de descontos é mais baixa, de 4,3%, enquanto na Lituânia é onde é mais elevada, de 39,5%. 

"Em Portugal, houve uma resposta mais positiva por parte do Governo, que propôs aumentar o salário mínimo nacional para pelo menos 600 euros e encorajou os parceiros sociais a achegarem a um nível superior. No entanto, como os parceiros sociais não atingiram esse acordo, o Conselho de Ministros aprovou a proposta inicial", pode ler-se no relatório. 

Entre os países onde o salário mínimo mais subiu, o destaque vai também para a vizinha Espanha - que ficou em segundo lugar - com uma valorização real de 21,1%. 

Do lado oposto, a Letónia registou mesmo um recuo (-2,9%)do valor do salário mínimo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório