Meteorologia

  • 24 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Como reagiu a moeda única aos resultados das eleições Europeias

O euro pouco reagiu aos resultados das Europeias, uma vez que o apoio aos partidos de extrema-direita foi mais baixo do que o esperado.

Como reagiu a moeda única aos resultados das eleições Europeias

Os partidos tradicionalmente mais representativos em Estrasburgo perderam força, ao mesmo tempo que se confirmaram as chegadas de eurocéticos e populistas de extrema-direita, apesar de terem 'chegado' com alguma contenção. Por isso, o euro pouco reagiu aos resultados, tendo negociado num intervalo limitado. 

De acordo com a Reuters, a moeda única negociou praticamente inalterada, à medida que foram sendo divulgados os resultados das eleições para o Parlamento Europeu nos vários países.

A reação limitada deve-se ao facto de os populistas de extrema-direita terem recebido menos apoio do que aquilo que era esperado, de acordo com a Reuters, que cita analistas. 

Já esta segunda-feira,, na 'ressaca' das Europeias, parece verificar-se a mesma tendência, uma vez que o euro continua a negociar estável contra o dólar, no patamar dos 1,1204 dólares. 

"O resultado é um Parlamento [Europeu] pró-europeu mais fragmentado, no qual os liberais e os verdes aumentaram a sua presença, assim como os partidos populistas e nacionalistas, mas os últimos em menor grau do que o esperado", explica Juan José Fernández Figares, diretor de análise da Link Securities, ao Cinco Días

Estas eleições Europeias foram as mais concorridas dos últimos 20 anos, uma tendência inversa ao que se registou em Portugal - já que a taxa de abstenção foi superior por cá. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório