Meteorologia

  • 18 JUNHO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Pingo Doce lança 2.ª edição do 'mercado social' para ajudar instituições

O Pingo Doce anunciou a 2.ª edição do 'mercado social', um projecto de empreendedorismo social, que permite que instituições de solidariedade social vendam produtos alimentares nas lojas Pingo Doce, revertendo a totalidade do valor angariado com as vendas para as suas causas.

Pingo Doce lança 2.ª edição do 'mercado social' para ajudar instituições

Até ao final do ano, as instituições Cercica e Delegação da Cruz Vermelha de Braga, vão juntar-se à Semear e à Casa dos Sabores - que participaram na 1.ª edição piloto - num projecto onde terão oportunidade de vender os seus produtos nas lojas Pingo Doce da sua área de influência.

A Cercica, por exemplo, vai começar por vender ervas aromáticas biológicas, como o tomilho bela-luz, que pode ser usado em substituição do sal, ou a stevia que é um adoçante natural, no Pingo Doce de São João do Estoril, próximo da sede da instituição e dos campos de cultivo.

A Casa dos Sabores, que na edição piloto, realizada no ano passado, marcou presença na loja de Telheiras, vai em breve vender os seus produtos - bolachas, compotas e outros produtos alimentares - nas lojas de Campo de Ourique, São Bento e Lapa. Por seu turno, a Semear na Mercearia vai marcar presença em lojas da linha de Cascais.

Em setembro, o projecto chega ao Pingo Doce do Braga Parque, com o projecto 'Somos+' da Delegação da Cruz Vermelha de Braga. Posteriormente, a venda destes produtos artesanais - compotas, bolachas e chocolates - será alargada a outras lojas Pingo Doce da cidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório