Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 24º

Edição

"Ser pais a todo o custo"

Um artigo de opinião assinado por António Monteiro, consultor especializado em seguros, a propósito do Dia da Família que se celebra hoje.

"Ser pais a todo o custo"
Notícias ao Minuto

12:17 - 15/05/19 por Notícias Ao Minuto 

Economia Artigo de opinião

"Sendo pai ou mãe, garantir a proteção e futuro da nossa família, é aquilo que nos é inato, um instinto quase irracional para quem racionalmente tenta viver a sua vida com o menor imprevisto possível.

A evolução natural num mundo cada vez mais global, próximo, mas distante ao mesmo tempo, trouxe-nos a nós, pais, uma obsessão pelo alheio que é cada vez mais intrínseca: vigiar as redes sociais, controlar o tempo ao computador, ensiná-los a olhar para cima do ombro cada vez que andam sozinhos na rua e não estarmos descansados quando eles não estão perto de nós.

Nunca se falou tanto em proteção ou se preveniu tanto a segurança dos nossos como nos dias que correm. Mas, se por um lado nos tornámos obcecados, por outro, as famílias tendem a descurar o que está efetivamente ao seu alcance no que respeita à proteção.

Sempre, mas sobretudo neste dia dedicado à família, vale a pena interiorizar que os imprevistos acontecem e que são isso mesmo, impossíveis de prever. E que nos cabe a nós minimizá-los quando devidamente acautelados. 'Better safe than sorry' nunca se adequou tanto como aos dias de hoje.

Diariamente somos confrontados com histórias, que podiam ser a nossa história, e que nos fazem pensar. Depois, o tempo passa e esquecemos. Mas, porque não sabemos o amanhã, é tão importante e investir em algo que, apesar de não garantir imunidade ao imprevisto, pode garantir proteção face ao inesperado. Se deixar de ter a capacidade para cuidar e proteger a sua família, quem o fará?

Ter um seguro é sinónimo de paz de espírito, de despreocupação, de proteção financeira, de segurança, de uma rede num futuro que é incerto para aqueles que todos os dias dependem de si.

Bom, não quero com esta minha opinião obrigá-lo a viver em sobressalto, com receio que algo aconteça. Nada disso. Quero sim alertar, consciencializar os decisores para a importância de se estar preparado, e, sobretudo, de se estar financeiramente protegido, quando o imprevisto aparece.

Ter um seguro deve ser encarado como um investimento, um pé de meia, que esperamos nunca vir a precisar, mas que caso seja necessário está lá. Uma preocupação a menos, numa altura em que o futuro nos pode pregar uma partida.

Se tem um custo? Tem, mas é esse o caminho que escolhemos quando decidimos ser pais."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório