Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Resultados da Altice Portugal "mostram crescimento sustentado"

O presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, afirmou hoje que que os resultados da dona da Meo no primeiro trimestre "mostram o crescimento sustentado" da operadora e as expectativas para 2019 "são boas".

Resultados da Altice Portugal "mostram crescimento sustentado"
Notícias ao Minuto

13:03 - 10/05/19 por Lusa

Economia Presidentes

Alexandre Fonseca falava aos jornalistas num encontro na sede da empresa, em Lisboa, sobre os resultados da operadora no primeiro trimestre, divulgados na quinta-feira.

A receita total da Altice Portugal subiu 0,4% no primeiro trimestre, face a igual período de 2018, para 509 milhões de euros e o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) ajustado caiu 1,4% no trimestre, para 206 milhões de euros.

Questionado sobre a questão do SIRESP, operadora da Rede Nacional de Emergência e Segurança, que o Jornal de Notícias dá conta hoje que "ameaça cortar comunicações na época dos fogos", Alexandre Fonseca escusou-se a fazer comentários, uma vez que hoje há uma reunião do Conselho de Administração, órgão que o gestor integra.

"Estamos aqui a falar de resultados, que são bons resultados. Sobre o SIRESP, hoje haverá uma reunião do Conselho de Administração", afirmou, sem adiantar se se esperam novidades sobre o assunto.

"Os resultados falam por si, mostram o nosso crescimento sustentado", disse, apontando que tal é reflexo do "trabalho que esta equipa tem vindo a fazer" e as expectativas para 2019 são "boas".

Também o administrador financeiro da Altice Portugal, Alexandre Matos, disse esperar "um bom ano" para a atividade da empresa, referindo que os resultados financeiros são resultado dos resultados operacionais", nomeadamente o crescimento das quotas de mercado.

No segmento televisão, Alexandre Fonseca espera que a Meo alcance a liderança, destacando que "o ainda líder de mercado neste setor" perdeu 7.000 clientes no trimestre.

O gestor voltou a apontar a regulação como uma "ameaça" ao setor das telecomunicações, tendo já a Altice incorporado esses receios nas perspetivas para este ano.

"Espero que o regulador, um dia destes, volte a publicar dados" sobre quotas, já que os últimos datam do primeiro semestre do ano passado, apontou.

Questionado sobre a relação com a Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações, Alexandre Fonseca foi perentório: "Vamos continuar a tentar dialogar".

"Temos dialogado muito por escrito, temos dialogado pouco cara a cara [...], infelizmente a nossa comunicação tem sido muito institucional. Apesar dos temas regulatórios, e são muitos, estamos a crescer, e poderíamos todos crescer muito mais se existisse um ambiente regulatório diferente", salientou o presidente executivo.

Sobre o serviço universal de postos públicos (cabines telefónicas públicas), Alexandre Fonseca disse que a Meo está a trabalhar com a tutela "para garantir que aquilo que foi a vontade que o Governo manifestiu, de haver uma continuidade do serviço, seja agora passada à prática", já que há questões contratuais que têm de ser definidas.

"É o caminho que estamos fazer com tranquilidade junto da tutela", acrescentou.

Relativamente ao reforço de cabines telefónicas nos estabelecimentos prisionais, anunciado pelo Governo, Alexandre Fonseca disse que "com certeza" a operadora vai estar envolvida, mas é preciso saber qual é o mecanismo, que pode passar por concurso ou consulta.

Tal "demonstra a importância do serviço universal" de postos públicos, rematou.

Sobre a venda da rede de fibra, o administrador financeiro manteve que o prazo para a tomada de decisão é "o segundo trimestre".

Reiterando que não há pressão para a venda da fibra, Alexandre Matos referiu que há vários interessados no negócio.

Atualmente, o número de clientes com oferta de fibra da Meo ronda cerca de "um milhão", referiu o administrador financeiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório