Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 21º

Viajaram menos portugueses mas gastaram mais

Os residentes em Portugal realizaram, entre abril e junho, 3,9 milhões de viagens turísticas, mais 7% do que no segundo trimestre de 2012, apesar de apenas 8,6% dos portugueses terem viajado, menos 1,9% do que no período homólogo.

Viajaram menos portugueses mas gastaram mais
Notícias ao Minuto

12:19 - 31/10/13 por Lusa

Economia Segundo trimestre

Os dados sobre a procura turística dos residentes, hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), indicam que face à redução de viajantes, o número médio de deslocações por turista aumentou de 3,3 no segundo trimestre de 2012 para 4,3 entre abril e junho de 2013.

As visitas a familiares ou amigos foram o principal motivo das viagens (46,2%), mas as viagens profissionais ou de negócios foram as que mais cresceram (18,8%), seguidas dos passeios em lazer, recreio ou férias, que aumentaram 10,1%.

As mulheres viajaram mais do que os homens (53,6% dos turistas eram de sexo feminino) e a maior parte dos viajantes tinham entre 25 e 44 anos (31,3%).

Mais de 90% das deslocações realizaram-se em Portugal (ou seja, 3,6 milhões de viagens), enquanto as viagens ao estrangeiro diminuíram (11,6%), tanto por motivos de lazer como profissionais, mas menos do que no primeiro trimestre de 2013 (13,7%).

Os viajantes optaram em 71,6% dos casos pelo "alojamento particular gratuito" que foi preponderante sobretudo nas visitas a familiares ou amigos, que concentraram 95,1% do total de dormidas.

O principal meio de transporte usado foi o automóvel (79,6%) que viu o número de deslocações aumentar 6,2% no segundo trimestre de 2013 face ao mesmo período do ano anterior.

O número de deslocações em transporte aéreo (7,8% do total) aumentou 6,3%, enquanto as viagens por outros meios, incluindo comboio, autocarro ou barco, cresceram 12,7%.

A utilização de agências de viagens ou outro tipo de operadores aconteceu em menos de 5% das viagens, tendo aumentado as deslocações de curta duração (até 3 noites).

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório