Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Fed deixa taxas inalteradas enquanto aguarda por crescimento sólido

A FED, banco central norte-americano, manteve as taxas de juro inalteradas e reiterou a sua atitude "paciente", aguardando por um crescimento "sólido" da economia dos Estados Unidos, com uma inflação "em declínio".

Fed deixa taxas inalteradas enquanto aguarda por crescimento sólido
Notícias ao Minuto

19:47 - 01/05/19 por Lusa

Economia Economia

Ignorando as indicações do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que quer acelerar a atividade económica baixando as taxas, a Fed manteve-as, por decisão unânime, num intervalo de 2,25% a 2,50%.

O comunicado da Fed, emitido no final da reunião de dois dias do seu Comité Federal de Mercado Aberto, realça que manterá o seu enfoque "paciente" aguardando pelos próximos movimentos da economia, e sublinhou que a inflação "baixou e encontra-se abaixo de 2%".

"Seremos pacientes no momento de determinar quais os ajustes a fazer no futuro, tendo em conta os tipos de interesses federais", os objetivos de máximo emprego e estabilidade dos preços, indica a Reserva Federal.

A decisão sobre a manutenção das taxas foi aprovada por unanimidade, adianta a mesma nota.

Os últimos dados económicos da FED realçam a boa saúde da economia dos Estados Unidos da América, com uma taxa de crescimento anual de 3,2% no primeiro trimestre.

Apesar do cenário económico positivo, a Fed teve de enfrentar os ataques da Casa Branca, com continuas recomendações por parte de Trump de reduzir as taxas para reforçar a atividade económica.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório