Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
28º
MIN 21º MÁX 33º

Edição

Três empresas candidatas a vender 18 veículos à Metro do Porto

Três empresas apresentaram propostas para fornecer e fazer a manutenção de 18 novos veículos à Metro do Porto pelo valor base de 56,1 milhões de euros, revelou hoje à Lusa fonte da empresa.

Três empresas candidatas a vender 18 veículos à Metro do Porto
Notícias ao Minuto

11:46 - 30/04/19 por Lusa

Economia Empresas

O concurso público internacional tinha sido lançado em dezembro e terminou com a apresentação de três candidaturas, das empresas CRRC Tangsthan (chinesa), a Siemens Mobility e a Skoda Transportation.

"Após a decisão [do júri do concurso] e assinatura do contrato, os novos metros começarão previsivelmente a ser entregues entre 2021 e 2023, ao ritmo de um por mês", explicou fonte da empresa.

A Metro do Porto revela que, com este investimento, a frota da empresa "passará a contar com 120 unidades", devendo as novas 18 composições ter uma "lotação mínima de 240 lugares, dos quais 60 serão obrigatoriamente sentados".

De acordo com a Metro do Porto, as propostas dos candidatos vão agora ser apreciadas pelo júri do concurso, de acordo com três critérios: o preço (com um peso de 25%), a valia técnica (40%) e a capacidade, conforto e acessibilidade (35%).

O caderno de encargos do concurso define que os novos veículos devem "estar preparados para operar comercialmente nas diversas linhas da rede".

Por outro lado, as composições "têm de ter duas cabines e ser bidirecionais (como as atuais), atingindo uma velocidade máxima igual ou superior a 80 quilómetros por hora".

Para além do fornecimento de 18 veículos, o candidato que vier a ser escolhido ficará também responsável pela "sua manutenção por um período de cinco anos".

A empresa esclarece que a operação de reforço da frota da Metro está relacionada com o alargamento da rede, com a construção de uma nova linha no Porto, entre São Bento e a Casa da Música, e o prolongamento da linha Amarela, entre Santo Ovídio e Vila d'Este, em Vila Nova de Gaia.

"As empreitadas para as novas linhas devem arrancar em breve, sendo que as obras de construção vão decorrer até 2023", acrescenta a empresa. As novas linhas vão acrescentar seis quilómetros e sete estações à rede, representando um investimento global na ordem dos 300 milhões de euros.

Atualmente, a frota do Metro do Porto é constituída por 102 veículos: 72 do tipo Eurotram e 30 do tipo Tram-train.

O Metro do Porto opera em sete concelhos com uma rede de seis linhas, 67 quilómetros e 82 estações, utilizada por mais de 62 milhões de clientes por ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório