Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Desafios do comércio digital em debate no congresso de consumidores

A comunidade internacional de consumidores está reunida no Centro de Congressos do Estoril, em Cascais, até quinta-feira, onde vai debater, com especial enfoque, o comércio digital e os seus desafios.

Desafios do comércio digital em debate no congresso de consumidores
Notícias ao Minuto

23:35 - 29/04/19 por Lusa

Economia Cascais

"A defesa do consumidor não se faz de forma isolada, cooperação é a chave para melhor podermos servir os consumidores", afirmou a diretora-geral da Direção-Geral do Consumidor, Ana Catarina Fonseca durante a introdução do congresso aos jornalistas.

De acordo com a responsável, nas conclusões de um estudo efetuado pela Direção-Geral do Consumidor foi possível constatar que 46% dos consumidores já efetuaram compras 'online' e, destes, 36% teve "más experiências" o que coloca a proteção do consumidor no meio digital como uma das prioridades do organismo.

"A proteção dos consumidores no digital está no topo das nossas prioridades, o desafio para organizar este congresso foi uma enorme honra para nós", disse Ana Catarina Fonseca.

Para o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, a tecnologia cria desafios à sociedade civil e aos governos.

"Como trabalhamos e vivemos, somos hoje consumidores mesmo em áreas onde aparentemente não há vendas", afirmou o ministro na sessão de abertura do congresso.

De acordo com o governante, os principais desafios do comércio 'online' passam também por perceber como se regula o mercado, quem tem jurisdição sobre as transações ou ainda quais os impostos a aplicar a cada serviço feito através da internet.

Além da legislação e regulamentação a aplicar às compras e vendas de bens ou serviços, Pedro Siza Vieira destacou ainda a necessidade de garantir a proteção de dados a todos os utilizadores da internet.

"A proteção de dados e privacidade, a cibersegurança, para que não seja permitido a outros terem acesso a aspetos importantes das nossas vidas", disse.

Esta é a segunda vez que Portugal recebe o Consumers International Summit, sendo esperadas até quinta-feira mais de 500 pessoas nas várias conferências e debates.

Entre os oradores convidados estão o presidente executivo da Internet Society, Andrew Sullivan, a diretora do Google AI, Eve Anderson, o diretor responsável pela política pública da Vodafone, Reinald Krüger e a vice-presidente da área de defesa da Mozilla, Ashley Boyd.

Fundada em 1962, a Consumers International é uma federação que agrega mais de 200 organizações públicas e privadas de defesa do consumidor, em todo o mundo, como a Direção-Geral do Consumidor.

Os congressos mundiais Consumers Summit decorrem a cada quatro anos, tendo as últimas edições sido em Brasília e em Hong-Kong.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório