Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Turismo garante normalidade na região com fim da greve dos camionistas

A entidade do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) garantiu hoje que a normalidade da atividade turística na região no período de férias pascais "está assegurada" com o fim da greve dos camionistas.

Turismo garante normalidade na região com fim da greve dos camionistas
Notícias ao Minuto

16:30 - 18/04/19 por Lusa

Economia Porto

"A normalidade da atividade turística na região está assegurada com o fim da greve dos camionistas de transporte de matérias perigosas. É uma decisão com a qual nos congratulamos, já que é fundamental para assegurar a normalidade da atividade turística na região, neste período de férias pascais", declarou o presidente da TPNP, Luís Pedro Martins, em comunicado de imprensa.

O presidente da TPNP tinha demonstrado na quarta-feira transata "grande preocupação" com a diminuição da mobilidade dos milhares de turistas na região Norte devido à greve dos motoristas de matérias perigosas e havia apelado "entendimentos nas próximas horas", avisando que "cada hora que passava aumentava o problema".

Hoje, o presidente da TPNP congratulou-se com o "fim da greve anunciado hoje depois da reunião entre patrões e sindicatos", valorizou ainda a "importante mediação do Governo" e avisou que os turistas "podem manter as suas deslocações sem nenhuma preocupação" para os eventos pascais, como por exemplo a Semana Santa em Braga.

Luís Pedro Martins acrescentou ainda que "apesar da greve, os operadores turísticos da região não tinham ainda transmitido registo de cancelamentos significativos".

A taxa de ocupação dos hotéis da região Norte para esta quadra da Páscoa de 2019 situa-se acima dos 80%, com previsão de lotação esgotada em alguns concelhos.

A greve dos motoristas de matérias perigosas terminou hoje de manhã, depois de o sindicato e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) terem chegado a acordo.

Em conferência de imprensa, o ministro das Infraestruturas destacou a garantia de "paz social" acordada entre os motoristas de matérias perigosas para o processo negocial e referiu uma "normalização gradual" do abastecimento de combustíveis no país e referiu que a primeira reunião negocial decorrerá no dia 29.

No acordo assinado, a ANTRAM e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas comprometem-se a concluir até dia 31 de dezembro um processo de negociação coletiva.

Este processo, de acordo com o documento, distribuído aos jornalistas hoje em conferência de imprensa, em Lisboa, visa "promover e dignificar a atividade de motorista de materiais perigosos" e será acompanhado pelo Governo.

A negociação coletiva deverá assentar nos seguintes princípios de valorização: individualização da atividade no âmbito da tabela salarial, subsídio de risco, formação especial, seguros de vida específicos e exames médicos específicos.

A greve nacional dos motoristas de matérias perigosas teve início às 00:00 de segunda-feira, convocada pelo SNMMP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório