Meteorologia

  • 24 MAIO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

"Dois motivos" acabaram com greve. "Foram 72 horas duras", diz sindicato

A greve foi levantada esta quinta-feira, depois de vários constrangimentos em todo o país.

"Dois motivos" acabaram com greve. "Foram 72 horas duras", diz sindicato
Notícias ao Minuto

08:44 - 18/04/19 por Notícias ao Minuto 

Economia Pedro Henriques

"Este é o dia que vai marcar a diferença no resto das vossas vidas", começou por dizer o presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Henriques, dirigindo-se aos trabalhadores que representa e salientando que "foram 72 horas duras". O sindicato decidiu levantar a greve por ter a garantia de que a categorização das carreiras destes trabalhadores iria ser revista. 

Os motivos que levaram ao levantamento da greve foram dois, segundo o sindicato, a "garantia da ANTRAM e do Governo que vamos dar inicio à negociação coletiva de trabalho" e o "compromisso do Governo e da ANTRAM de que o processo será concluído até ao final deste ano".

A partir de agora vão ser iniciadas as negociações entre o sindicato e a ANTRAM, com supervisão do governo, sendo que a primeira reunião está agendada já para o dia 29 de abril. 

A greve, sublinhe-se, começou na segunda-feira e prolongou-se durante três dias até ao início desta quinta-feira. O anúncio de que ambas as partes tinham chegado a acordo foi feito pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, numa declaração ao país.

O ministro admitiu que a retoma à normalidade vai ser gradual, uma ideia também defendida pelo presidente da ANTRAM

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório