Meteorologia

  • 09 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Ministra garante que nos portos "não se registam eventos preocupantes"

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, disse hoje no parlamento que nos portos "não se registam eventos preocupantes" devido à greve que afetou o abastecimento de combustíveis em todo o país.

Ministra garante que nos portos "não se registam eventos preocupantes"

Em audição na Comissão de Agricultura e Mar, e respondendo a perguntas dos deputados, a governante garantiu que tem feito "uma monitorização muito especial no que se passa nos portos" para dar resposta a esta crise.

Ana Paula Vitorino revelou ainda que tinha feito um "ponto de situação à hora de almoço, com todos os portos e com a Docapesca", tendo concluído que "havia um ligeiro atraso no abastecimento na APDL [Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo]".

No entanto, durante a audição, a ministra recebeu a informação de que este abastecimento "agora está garantido para toda a semana".

Segundo a governante, "se ocorrer alguma dificuldade" terão que ser acionados os "serviços da administração interna".

A greve dos motoristas de matérias perigosas, que começou às 00:00 de segunda-feira, foi convocada pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), por tempo indeterminado, para reivindicar o reconhecimento da categoria profissional específica.

Na terça-feira, gerou-se a corrida aos postos de abastecimento de combustíveis, provocando o caos nas vias de trânsito.

O primeiro-ministro admitiu hoje alargar os serviços mínimos e adiantou que o abastecimento de combustível está "inteiramente assegurado" para aeroportos, forças de segurança e emergência.

Na terça-feira, alegando o não cumprimento dos serviços mínimos decretados, o Governo avançou com a requisição civil, definindo que até quinta-feira os trabalhadores a requisitar devem corresponder "aos que se disponibilizem para assegurar funções em serviços mínimos e, na sua ausência ou insuficiência, os que constem da escala de serviço".

No final da tarde de terça-feira, o Governo declarou a "situação de alerta" devido à greve, avançando com medidas excecionais para garantir os abastecimentos e, numa reunião durante a noite com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o sindicato, foram definidos os serviços mínimos.

Militares da GNR estão de prevenção em vários pontos do país para que os camiões com combustível possam abastecer e sair dos parques sem afetarem a circulação rodoviária.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório