Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 21º

Edição

Combustíveis: TST interrompe ligação entre Setúbal e Lisboa até às 16h30

A Transportes Sul do Tejo (TST) informou hoje que interrompeu as carreiras que ligam Setúbal, Palmela e Pinhal Novo a Lisboa, e só as vai retomar a partir das 16h30, no sentido de Lisboa para a Margem Sul.

Combustíveis: TST interrompe ligação entre Setúbal e Lisboa até às 16h30
Notícias ao Minuto

15:12 - 17/04/19 por Lusa

Economia Transportes

"Neste momento, não estão a ser realizadas as carreiras rápidas que ligam Setúbal, Palmela e Pinhal Novo a Lisboa. Estas carreiras voltam a ser realizadas a partir das 16h30, no sentido de Lisboa para Sul, de forma a assegurar o regresso dos nossos clientes", anunciou a empresa, num comunicado divulgado às 14h30.

A agência Lusa tentou contactar a TST para perceber se este serviço se vai realizar nos próximos dias, caso as reservas não sejam reabastecidas, mas até ao momento não foi possível obter declarações.

Esta manhã, a empresa já tinha informado que se encontrava a suprimir alguns serviços devido à falta de combustível e que, se o problema não for resolvido, as ligações vão continuar a ser "progressivamente reduzidos ou suprimidos, à medida que as reservas de combustível da empresa se forem esgotando".

Para minimizar os impactos na mobilidade dos clientes, a TST está a alterar alguns dos seus serviços "de modo a fazer a ligação a outros operadores de transporte", como a Fertagus, a CP, Metro Transportes do Sul ou à Transtejo e Soflusa.

A TST desenvolve a sua atividade na Península de Setúbal, com 190 carreiras e oficinas em quatro concelhos, designadamente Almada, Moita, Sesimbra e Setúbal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório